31 de janeiro de 2011

Nem Igreja Escapa da Sujeira em Praia Grande



As imagens falam por si mesmas. Lamentavelmente a avacalhação pública é geral e era de se esperar. Basta pensar o orçamento como um cobertor. Se você torra dinheiro com obras, de algum lugar vai ter que sair esse dinheiro - é como se puxasse o cobertor para cobrir o peito mais descobriria os pés. Para uma cidade que tem um orçamento de mais de 600 milhões, quando se tira mais de 80 milhões para fazer duas obras (pedaço da Kennedy e entrada da cidade), você já comprometeu perto de 1/6 do orçamento da cidade, dinheiro que foi para o bolso de empresário, e, portanto, vai faltar em algum lugar. A consequência disso eu deixo para vocês meditarem...

10 comentários:

Anônimo disse...

0Ola,quanto a sugeira não só da praça da igreja a culpa é da propria população que não tem educação .a unica solução e a informação via escolas faixa na cidade para conceitização do municipe...
Obs. não estou defendendo o poder publico muito pelo contrario.mas as sujeiras nas ruas quem faz e o povo.a sujeira dos politicos são outras.aumento do IPTU ABUSIVO A FALTA DE LOGISTICA EM obras publica exp:ciclovia kennedy ,em frente da prefeitura existe uma rotatoria onde a propia poderia passar por dentro da mesma ou contornando-a mas o ciclista tem que atravessar um lado da av. loga mais duas ruas uma que dace para praia e outra no centido oposto emais um lado da kennedy.cade a segurança do ciclista.certo só não ve quem não anda de bicicla ou não passa por la.
um abraço.

Anônimo disse...

Ola.
esta sujeira quem faz é a população,a sujeira dos politico são outras exp:aumento abusivodo IPTU 40% e de mais obras sub faturadas e mal feitas e elaboradas,revitalização da kennedy,estão asfutanda a av. antes de remover os postes ,depois de pronto tem que tapar os buracos dos mesmios se logica.
um abraço

Franz Josef Hildinger disse...

Chamo a atenção par um fato que é preciso observar que é a falta de lata de lixo. Eu conheço bem essa praça e posso afirmar que pouca gente vai ao local e muito menos comendo. O que vê é muito mato, ervas daninhas, lixo que o vento trouxe. E, não podemos engolir que tudo o povo e culpado. O poder público tem que zelar pela limpeza. Se suas escolas não educam, que se mude a política de ensino. A inércia provoca morte como o caso do cidadão contribuinte de Santos que morreu esmagado por pura negligência das autoridades que não vistoriou a marquise do prédio.

Anônimo disse...

Realmente, se o nosso povo é sem cultura é poque o Poder Público que arrecada e muito não fornece cultura ao povo.
O Palhaço das Artes é exemplo disso. Qual pobre frequenta aquele lugar senão para tirar foto do lustre de mais de 200 mil reais?
Os ingressos são extremamente caros (R$ 50,00).
Para o povo sobra apenas o show de verão ensinando: pra frente, pra frente, cintura, cabeça, tchubirabirou.
Os professores não tem incentivo e são mal remunerados, para poder sobrar dinheiro para pagar o aluguel da escola que peryence à Termaq ou a algum construtor amigo do prefeito.
O lixo? Ah, deixa a população fazer lixo. É bom para a termaq que ganha por lixo recolhido. É bom para o Rubão, que ganha por lixo transportado. É bom para o, ah deixa para lá.
Hoje, o Mourão toma posse em Brasília. Com certeza trará alguma verba federal para cá. E tenham certeza: essa verba será para alguma grande obra de infraestrutura que será realizada pela maior empresa de construção da Praia Grande.

Anônimo disse...

Olha onde vai o dinheiro:
E porque a Samor sempre é contratada com dispensa de licitação? Só ela representa os artistas? Porque não contrata direto com eles? Tenho certeza que para o artista e banda nem metade desse valor vai. Onde vai para essa grana toda? Porque o MP não investiga?

EXTRATO CONTRATUAL
CONTRATANTE: PREFEITURA DA ESTÂNCIA BALNEÁRIA DE PRAIA GRANDE;
CONTRATADA: SÂMOR – PROMOÇÕES ARTÍSTICAS S/S LTDA.; OBJETO: Contrato nº 022/11 para apresentação da Dupla César Menotti e Fabiano, no dia 22 de janeiro de 2.011, às 23:00 horas, no Palco instalado na praia do Bairro da Aviação, dentro do projeto: “O Show do Verão é Você” – em sua Décima Nona Edição, na cidade de Praia Grande/SP; VALOR:
R$ 130.000,00;
DATA DE ASSINATURA: 03/01/2011; PROCESSO: 29.489/10
CONTRATANTE: PREFEITURA DA ESTÂNCIA BALNEÁRIA DE PRAIA GRANDE;
CONTRATADA: SÂMOR – PROMOÇÕES ARTÍSTICAS S/S LTDA.;
OBJETO: Contrato nº 023/11 para apresentação da Dupla ZEZÉ DI CAMARGO & LUCIANO no dia 29 (vinte e nove) de janeiro de 2.011, às 23:00 horas, no Palco instalado
nas areias da praia do Bairro da Aviação, dentro do projeto: “O
Show do Verão é Você”, na cidade de Praia Grande/SP;
VALOR: R$ 153.000,00;
DATA DE ASSINATURA:03/01/2011;
PROCESSO: 29.485/10

Anônimo disse...

Quando é migalha ninguém quer:

CONTRATANTE: PREFEITURA DA ESTÂNCIA BALNEÁRIA DE PRAIA GRANDE;
CONTRATADA: NELSON FURTADO ROSAS
FILHO ME;
OBJETO: Contrato nº 024/11 para apresentação de shows da Banda Musical DROPS DE ANIS nos dias 09 (nove) e 30 (trinta) de Janeiro de 2.011 dás 19:00 as 23:00 horas, nas
tendas instaladas na Praia do Boqueirão e da Caiçara, dentro
do projeto: “Verão de 8 a 80”, na cidade de Praia Grande/SP;
VALOR: R$ 4.000,00;
DATA DE ASSINATURA: 03/01/2011; PROCESSO: 30.426/10

Anônimo disse...

É verdade Franz. Vejo o poder público como o principal culpado. Se não pressionarmos esse bando de vagabundos a trabalhar, a cidade vira um lixo. Engraçado que em Santos o centro é o lixo, já aqui ocorre o inverso, já que os problemas sociais são mais graves na 3º zona. Cada cidade tem sua história de irresponsabilidade na administração publica. Infelizmente nem a Igreja escapa. O que eu acho mais estranho na administração dessa cidade é a grande burrice na organização dos shows na praia. Todo ano é a mesma coisa: gente machucada com garrafadas, facadas, tiros e um monte de gente alcoolizada. Foi o que aconteceu no show do Exaltasamba que começou às 2h30!!! Exemplo mais ilustrativo de demência desse (des)governo. Até esse horário boa parte do público estava de porre. Era muita gente para pouco policiamento. Consequência: Arrastões, brigas, roubos... Tudo isso noticiado na TV Tribuna no dia seguinte. Esse secretário do turismo só tem interesse nos $$$ dos contratos desses shows. Esse (des)governo está pouco se lixando para a reputação da cidade. Bando de safados!!! Ferro neles nas próximas eleições! Essa mamata tem que acabar.

Anônimo disse...

Notem o contraste:

Baile Oficial da Cidade
R$ 400,00 o ingresso, distribuidos na faixa para muitos "chefes" da prefeitura e amigos destes, muita segurança, comida farta, prédio alugado e requintado com dinheiro público, decorado com mobilia e objetos superfaturados e shows a gosto do prefeito e sua cúpula de puxa-sacos.

Show do Verão é Você
De graça, na faixa de areia na praia, insegurança total, alto risco de ser roubado, de levar facadas ou receber uma garrafada na cabeça. Não há nenhum posto médico em caso de alguma de emergência no local. Não há nenhuma ambulância de prontidão na área do show. "Caso"a ambulância venha, a vítima terá que esperar MUITO tempo para ser socorrida já que as vias próximas SÃO INTRANSITÁVEIS durante o show, uma vez que os pedestres ocupam as ruas e avenidas também.

E pensar que tem secretário de segurança, secretario de turismo e tanta gente incompetente PAGA para fazer tanta mer..

Anônimo disse...

Isso é moleza:

Desta forma, com fulcro no inciso II, do artigo 30, da Lei Complementar Paulista nº 709/93, NOTIFICO os Senhores ARNALDO ALBERTO AMARAL e KATSU YONAMINE,
Presidentes da Câmara Municipal de Praia Grande, durante os exercícios de 2008 e 2010, respectivamente, para que, no
prazo máximo de 30 (trinta) dias, adotem as medidas necessárias visando à regularização da questão de pessoal ou apresentem justificativas quanto as suas especificações e quantitativos, devendo, ainda, o primeiro, promover o ressarcimento, com acréscimos legais, da importância de R$ 90.098,13 (noventa mil e noventa e oito reais e treze
centavos), ou apresentar as alegações que for de seu
interesse.
...
Defiro 15 (quinze) dias de prazo, para comprovação da restituição ao erário dos valores impugnados, conforme solicitado pelos responsáveis (folhas 418/420).

Anônimo disse...

Acho que o prefeito quer andar de Passat:

BECHARA - Secretário de Saúde Pública
TERMO DE HOMOLOGAÇÃO PREGÃO Nº 004/2011
PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 1.258/2011
OBJETO: “AQUISIÇÃO DE VEÍCULO UTILITÁRIO – MODELO PASSAT”
Considerando decisão contida na Ata de Sessão Pública do Pregão, exarada no processo em epígrafe, que Adjudicou a empresa FARIA VEÍCULOS LTDA., para o fornecimento do item 01, objeto da licitação, em razão do menor menor preço unitário apresentado, sendo condição mais vantajosa para a Administração, HOMOLOGO a presente licitação, nos termos do inciso I do artigo 3° da Lei Complementar n.º 576, de 10 de dezembro de
2010 e artigo 5º, inciso IV do Decreto Municipal nº 3.593/2003.
Em 09 de Fevereiro de 2011. SIDINEY SILVA PIRES - Secretário
Chefe de Gabinete