21 de janeiro de 2011

44 anos de história e ainda vivemos de aparência II

video

Dando continuidade ao meu desapontamento ao desgoverno local, aqui eu mostro a falta de criatividade de um governo inerte com relação às grandes coisas que a sociedade de manda e as pequenas coisas que a administração se atém que não é de interesse do povo. Infelizmente o prefeito não se interessa pelas questões sociais quando diz que Praia Grande será um "grande canteiro de obras". A maior obra que ele poderia fazer por todos nós é renunciar o seu mandato pelo fato provado pelas pesquisas do IPAT de que o povo não o quer mais.

4 comentários:

Anônimo disse...

Penso que o principal problema da administração seja a transparência. Eles estão dando muita ênfase agora ao Portal da Prefeitura (site) que está com um novo layout. É o máximo que eles conseguem fazer em termos de sistemas de informática: telas bonitas. O último concurso para programador tinha como remuneração R$ 1.300,00. Nenhum profissional de informática experiente se submete a um salário desses. A não ser que ele entenda apenas de layout (telas). O portal da transparência, que é um sistema de verdade, foi feito por uma empresa contratada. Esse portal é muito mais importante para todos nós, mas pena que tenha sido feito por força da lei. Pena também que não seja muito detalhado. Afinal, qual o interesse em publicar em detalhes tanta irresponsabilidade no gasto de dinheiro público?

Anônimo disse...

Até que o portal da transparência serve para alguma coisa. Olha os contratos da termaq de 2010. R$ 55.763.561,45 entregues para ela. 10% do orçamento da cidade.


Ação Valor
1032-Construcao e Equipamento de Unidades Sociais 92.743,77
1082-Urbanizacao de Areas Publicas 1.112.210,88
2045-Conservacao de Unidades do Ensino Fundamental 28.863,57
2053-Conservacao de Unidades de Educacao Infantil 45.985,38
2055-Funcionamento da Educacao Infantil 543.016,92
2086-Manutencao dos Servicos Urbanos 16.842.044,40
1047-Construcao e Adequacao de Unidades Habitacionais de Interesse Social 255.177,92
1081-Pavimentacao e Drenagem de Vias Publicas 14.928.967,02
1081-Pavimentacao e Drenagem de Vias Publicas 9.233.543,80
1082-Urbanizacao de Areas Publicas 533.333,38
1081-Pavimentacao e Drenagem de Vias Publicas 9.233.543,80
1082-Urbanizacao de Areas Publicas 533.333,38
1082-Urbanizacao de Areas Publicas 5.848.085,06
2041-Funcionamento do Ensino Fundamental 469.837,92
2085-Pavimentacao de Vias Publicas 878.976,00
2187-Manutencao dos Espacos de Eventos 438.552,00
1036-Construcao e Ampliacao de Unidade de Saude 593.433,31

Anônimo disse...

Outro que leva nossa grana:

Fornecedor Valor
Gazeta do Litoral 1.062,60
Gazeta do Litoral 78.700,00
Gazeta do Litoral 15.400,00
Gazeta do Litoral 54.974,63
Gazeta do Litoral 392.623,55

Anônimo disse...

Em São sebastião foi descoberto um esquema para burlar a lei. Lá, diferente daqui, só é permitido construir casas de até dois andares, sendo possível construir também um mezanino que não pode ter acesso à rua e ter até 40% da área do andar inferior.
Os construtores, com o apoio dos ficais, dão entrada em processos construtivos afirando que vão costruir apenas dois andares e mais o mezanino e constróem casas de três andares, sendo que os fiscais nada fazem.
Na Praia Grande o esquema é diferente, mas o modus operandi é o mesmo.
Os construtores dão entrada em processos construtivos de prédios comerciais e na verdade constróem kitinetes, que é proibido por lei.
A fiscalização nada fez, ou melhor, faz vistas grossas e as kitinetes proliferam na cidade.
Lá em São Sebsatião o Ministério público atuou. Aqui na Praia Grande o Ministério Público arquivous todos os procedimentos.