10 de agosto de 2008

Cabeças Ocas Não Pensam



Nada como começar mais uma reportagem agarrando-se no objetivo principal deste blog que é mostrar o descaso do governo municipal para com os bens municipais. Como vocês podem ver, as estátuas estão enferrujando. Quem teve essa "brilhante idéia" de colocar essas coisas de ferro justamente numa cidade que fica ao lado do mar?

Fato de grande polêmicas entre a população, essas cabeças vêm provando que cabeças ocas não pensam, óbvio. Qual o interesse público com essas cabeças? Para que serve essas cabeças? Serviram para quem? Vamos ver...


Vejam que interessante, encheram com essas cabeças justamente na frente do Beatrix Boulevard. Dinheiro público serve para isso? E o resto da população que investe na Prefeitura pagando impostos (diga-se de passagem, escorchantes)? Fica com os bueiros entupidos? Com as enchentes? Com as ruas e avenidas todas arrebentadas?


Essa estátua acima parece que tem vergonha. Como se estivesse cobrindo o rosto, lamenta o dinheiro público gasto com uma coisa que não vai ajudar a população em geral.



Essa outra acima representa a lamentação de um povo que se vê indefeso diante do poder absolutista onde quem pode manda e quem tem medo obedece.



Nessa outra visão que tenho sobre essa arte duvidosa, a imagem acima faz-me lembrar de como os idosos e os deficientes físicos sofrem em Praia Grande. Para começar, a total e absoluta anarquia de uma cidade que não cumpre a lei e permite que cada proprietário de imóvel faça a calçada do jeito que quiser e como resultado temos calçadas com desníveis que muitas vezes torna-se impossíveis de um ser humano andar sobre elas, imagine então alguém que exige cuidados especiais? Mas temos cabeças...



Até agora me pergunto: por que isso? Quanto saiu cada cabeça? R$ 16.000,00? Tenho absoluta certeza que se a Prefeitura quer alegrar o povo de Praia Grande, bastasse aplicar o dinheiro dos impostos na manutenção dos bens públicos que já existem. De que adianta construir para depois não cuidar mais? E mais, agora no inverno, debaixo de uma chuva fria, com um vento forte, o praiagrandense espera seu ônibus num ponto de ônibus sem abrigo! É muito triste passar por todas manhãs onde o povo espera seu transporte e ver gente encharcada para ir ao trabalho ou à escola. Pior mesmo quando perto do ponto de ônibus tem um bueiro entupido para então o povo ter que ficar a distância de onde para o ônibus para não tomar um banho de água suja por causa dos carros que passam pelas poças d'água.



Detalhe: onde deveria haver água, não há. E olha que até poderia aproveitar a água da chuva se é que o motivo é a falta d'água. Vai ver que por falta de conservação, alguma coisa esteja estragada. Não sei.



Eu tenho muita fé nesse cidadão acima. Se acham que construir estátuas em seu nome vai apagar todos seus pecados, podem ter certeza que estão enganados. Pode ser que a justiça brasileira erre, seja corrupta, mas a divina não!





Lembro das aulas de História sobre a Idade Medieval quando a nobreza que praticava o mal e para compensar esse mal e conseguir um lugar no céu, pagava à igreja, erguia igrejas e imagens achando que com isso apagaria todos os males que fizeram.


Que o povo reflita, pense e vote com consciência. Que também não tenha vergonha de anular o voto. Não votar é protestar também. Pode ser que o eleitor não confie em nenhum dos candidatos e se vê desobrigado em votar no menos ruim. O que é importante é cobrar, reclamar, protestar. Entender que essa gente não está fazendo nenhum favor para nós. Estão ganhando muito com o nosso dinheiro.

75 comentários:

Anônimo disse...

O pior de tudo em relação a essas "ditas" obras de arte (que o sejam), não é o descasso com os bens públicos, mas o descaso com o dinheiro público e a falta de informação do povo praiagrandense de um modo geral. Tais estátuas não custaram R$ 16.000,00, Se fosse isso seria até barato! O fato é que tais monumentos nem seuqre pentencem à municipalidade. está é mais uma forma que a Administração Pública encontrou para fazer o que bem quer com o dinheiro público.
Essas maravilhas de arte na verdade são ALUGADAS e a prefeitura paga uma verdadeira fortuna para mantê-las em praças públicas e ainda assim responderá pelos danos causados pela maresia.
Assim, as estátuas custarão à municipalidade dezenas de vezes mais o seu valor, e o autor delas ao final terá elas de volta como as entegrou ao poder público e poderá vendê-las novamente (até mesmo como sucata) pois já conseguiu muito mais que o seu valor artístico!

Franz Josef Hildinger disse...

Isso é um escândalo! O que estão fazendo com o dinheiro público é grave porque essas estátuas não são do interesse público e muito menos alugá-las. Praia Grande está se tornando uma cidade virtual pois os bens público que achamos que são do público na realidade é do particular alugados. É o caso também dos edifícios das Secretarias de Educação e da Saúde. O auditório que fica no prédio da Educação e as vezes mencionados nos jornais, como no caso da palestra promovida pelo Conselho Regional de Contabilidade de São Paulo, erroneamente dava o local como auditório da prefeitura e no caso não é. Resta-nos saber quanto está saindo o aluguel de tudo isso para a população.

Anônimo disse...

Você tem razão, mas o povo de Praia Grande não quer ver pois estão com a visão ofuscada diante de tantas obras (diga-se de passagem, todas, ou quase todas, executadas pela Termaq).
Agora, vou deixar uma sugestão: Verifica-se pela prestação de contas dos candidatos no site do TRE que o valor que els pretendem gastar são irrisórios. Que tal fotografar a quantidade de cabos eleitorais existentes na cidade, a quantidade de carros de som, banners, placas, faixas etc. Dessa forma, podemos mostrar ao TRE que isso tudo não passa de uma piada pois corre por aí que tem candidato que pretende gastar atpe R$ 500.000,00 para se eleger vereador!.
Bom fica ai minha sugestão e parabéns pelo trabalho.

• Freak Doll! xD disse...

Em muitas dessas estátuas também estão faltando chapas... Acho q acabam se soltando com tanta ferrugem. Mas, quando inauguraram essa praça, deveria estar tudo perfeito, não é? Isso me lembra do mercado de peixes. Vamos ver quanto tempo ficará tudo conservado, iluminado e com aquele peixinho pendurado...

Lembra do ponto de ônibus q falei em outro post? Pois é, sumiram com ele de novo! Não sei se é revolta do povo por não ter um daqueles cobertos... ou se arrancam por diversão. Aliás, não sei oq é pior: se é um governo q não dá a mínima pro povo, ou o povo q não dá a mínima pro pouco q tem.
(vou sair hoje para aquele lado, espero conseguir uma foto)

Quanto a avenida Costa e Silva, parece q o piso é apenas encaixado. Logo, será possível até q alguém pegue um desses 'tijolinhos', certo? Imagine então com as chuvas... possivelmente veremos crateras após algumas delas.

Até,
Ana

Franz Josef Hildinger disse...

Oi Ana,

O povo também tem a sua parcela de culpa. Muita gente fica deslumbrada quando na TV mostra como a Europa é, tudo limpo, etc., mas essa mesma gente não quer isso no Brasil e avacalha o nosso país. Eu fico pensando o que uma pessoa tem na cabeça para destruir um orelhão. Aliás, destruir qualquer coisa pública é de uma burrice sem tamanho porque trata-se de um bem que é para todos e quando quebra o governo simplesmente pega o dinheiro público e gasta lá, quando não superfaturado. Acho que o político corrupto até gosta que o povo quebre o patrimônio público, assim eles roubam mais quando vão comprar ou consertar o que foi quebrado. Eu achei grave essa história contada sobre o aluguel de estátuas. O povo de Praia Grande sofrendo diante de uma cidade abandonada e o governo local alugando estátuas. Acho que chegou a hora de se fazer um protesto em público nessa cidade. Bom, se conseguir as fotos, não esqueça de mandá-las. Se quiser usar seu talento para escrever um texto contando a sua opinião, pode fazer.

Até+

Anônimo disse...

itvppgArquivo grande mas muito bom para quem quer conhecer um pouco mais da "Operação Santa Tereza" e sua ramificação com a Praia Grande:

http://www.estadao.com.br/ext/especiais/2008/05/RIP%2011-2008%20de%2020-05-2008b.pdf

Não deixem de visitar!!!

Franz Josef Hildinger disse...

Eu gostaria de saber quem são os doadores das campanhas dos candidatos. Não é possível que os empresários que alugam estátuas, alugam imóveis, constroem, etc., para a Prefeitura (e pagos com o dinheiro público, obviamente) não sejam os maiores doadores da campanha do candidato da situação.

Anônimo disse...

Franz,

O problema maior é que a prestação de contas divulgada pelo TRE não passa nem perto dos valores que realmente são gastos!
Mas vc tem razão ao mencionar que as pessoas que alugam estátuas, escolas, galpões, GINÁSIOS (tem essa também), usafas são potenciais doadores de campanha.
Veja o caso da Termaq! Quanto que essa empresa que mama nas tetas da prefeitura não deve doar para a campanha do Roberto Francisco?
Aliás, por falar nesse candidato, ele não fez a prestação parcial de contas ao TRE. Por isso nem dá para saber quanto está gastando.
O Cunha já gastou R$ 120.000,00 (um ano de salário de prefeito), imagine a outra candidatura?

Anônimo disse...

EXTRATO CONTRATUAL
CONTRATANTE: PREFEITURA DA ESTÂNCIA BALNEÁRIA DE PRAIA GRANDE; CONTRATADA: TERMAQ TERRAPLENAGEM CONSTRUÇÃO CIVIL e ESCAVAÇÕES LTDA; OBJETO: Contrato 120/08 de Prestação de Serviços de Engenharia, visando a “Reurbanização da Av. Pres. Kennedy, nos bairros boqueirão,
Guilhermina, Aviação, Tupi, Ocian e Mirim, mediante a Execução das seguintes obras e Serviços de Engenharia, entre outras, Execução de CBUQ, Binder, Recapeamento Asfaltica Estruturado com manta Geotextil, base de Brita Graduada,
Guias e Sarjetas Extrusadas em concreto, drenagem em tubos
de concreto, iluminação publica, rebaixamento de lençol freático,
remanejamento de rede de água e de esgoto; VALOR: R$ 25.958.698,63; PRAZO: 22 meses; DOTAÇÃO: 09.02.00/15.451/5002.1082/4.4.90.51.91 desp 386; DATA DA ASSINATURA: 15/08/08; PROCESSO: 2958/08

Anônimo disse...

CONTRATANTE: PREFEITURA DA ESTÂNCIA BALNEÁRIA
DE PRAIA GRANDE; CONTRATADA: IMPRENSA OFICIAL DO
ESTADO S/A; OBJETO: Contrato 105/08 de Prestação de Serviços de Publicidade legal de todos os atos de interesse da Contratante; VALOR ESTIMADO: R$ 600.000,00; PRAZO: 60
meses; DOTAÇÃO: 08.10.00/04.122.7001.2239/3.3.90.39.90; DATA DA ASSINATURA: 16/07/08; PROCESSO: 13380/08

Anônimo disse...

Está no Diário Oficial - Poder Executivo - Seção I, página 183:
TERMO DE HOMOLOGAÇÃO
PROCESSO ADMINISTRATIVO Nº 11.439/2008
OBJETO: "AQUISIÇÃO DE MOBILIÁRIOS PARA NOVAS ALAS DO HOSPITAL MUNICIPAL"
Considerando decisão contida na Ata de Sessão Pública do Pregão, exarada no processo em epígrafe, que Adjudicou à empresa: R.M. EL KHATIB - ME, classificada em primeiro lugar para o fornecimento dos itens 01 ao 26.....HOMOLOGO a presente licitação....

Ahora, o curioso é que a empresa R.M. EL KATHIB - ME tem como titular a Sra. RIAHAB EL MALT EL KHATIB, FALECIDA NO DIA 08/06/2007 (CERTIDÃO NO CARTÓRIO DO 9º SUBDISTRITO DE MARIANA - fls. 220-V, Livro C nº 125, Termo nº 40640)

Será que a Prefeitura de Praia Grande se superou e agora deu para contratar com pessoas falecidas????
Ou será que a titular realmente participou do processo licitatório e é o 2º caso de reencarnação existente???

Franz Josef Hildinger disse...

Acredito que por não acreditar que a justiça brasileira não funcione, essa gente não está nem aí com a lei e muito menos com a ética. Poder é dinheiro e em Deus essa gente deixou de acreditar há muito tempo. Talvez os culpados somos nós que queremos uma vida decente aqui no inferno.

Eu tinha um recorte de jornal (da Tribuna) que dizia que o Maneco estava entre os doadores da campanha do Mourão.

Eu estou curioso para com essas estátuas. Se desse para saber o valor e para quem está indo os recursos públicos, daria uma boa reportagens para o programa CQC.

Anônimo disse...

As conexões sob suspeita em Praia Grande

Tatiana Farah
O Globo
11/5/2008

EMPRÉSTIMOS SOB SUSPEITA: Prefeitura obteve R$121 milhões no banco; propina da quadrilha era de até 4%

Empreiteiras investigadas pela PF foram doadoras de campanha do prefeito tucano Mourão e de seu genro

PRAIA GRANDE (SP). A construtora Termaq, envolvida no suposto esquema de fraudes em empréstimos do BNDES, foi uma das financiadoras da campanha do genro do prefeito Alberto Mourão (PSDB) a deputado estadual em 2006. O vereador Cassio de Castro Navarro (PSDB), que havia feito uma modesta campanha a vereador com R$30 mil em 2004, sendo que R$11 mil foram pagos por sua família, arrecadou R$1,18 milhão em 2006. A Termaq doou R$100 mil ao candidato, que ficou com a terceira suplência. Cássio ainda era solteiro, mas estava de casamento marcado com a filha de Mourão, cujos contratos assinados com a Termaq estão sendo investigados pela Promotoria Pública na cidade desde o ano passado.

"Cássio quer mesmo ser deputado, até porque ele não pode ser prefeito, porque vai se casar com a minha filha em novembro, então está impedido legalmente de ser candidato a prefeito", comentou Mourão numa entrevista à "Gazeta do Litoral" em 30 de setembro de 2006.

A outra empreiteira citada pelas investigações da Polícia Federal no caso do BNDES, a Fernandes Bastos, também fez uma doação eleitoral, mas para o próprio prefeito Mourão, em 2004. Trata-se de um cheque no valor de R$5 mil, segundo os dados da prestação de contas do Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Um dos donos da Termaq, José Carlos Guerreiro, está preso. O dono da outra empreiteira, Manuel Fernandes de Bastos Filho, teve prisão decretada, mas está foragido. Os dois são acusados pela Polícia Federal e pela Procuradoria da República de desviar e promover o rateio de até 4% dos empréstimos obtidos no BNDES entre as empresas e os mediadores do negócio. O deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho (PDT), presidente da Força Sindical, é citado nas interceptações telefônicas como participante do rateio. Um dos presos, o coronel reformado da PM Wilson de Barros Consani Júnior, admitiu à Polícia Federal que se refere a Paulinho, nas gravações telefônicas, como "nosso chefe maior".

Pagamentos foram suspensos

A Prefeitura de Praia Grande obteve um financiamento para obras públicas de R$121 milhões. Depois que R$40 milhões já tinham sido liberados, o BNDES suspendeu os pagamentos até que seja apurada a denúncia de fraude. Outro financiamento (de R$38 milhões) foi aprovado pelo banco, mas o contrato foi para a gaveta. Os recursos foram aprovados para obras de benfeitorias na cidade, principalmente na infra-estrutura viária e de urbanização. As maiores obras de canalização, vias públicas e reestruturação ficaram a cargo da Termaq. A prefeitura, por meio de comunicado, informou que para todas as obras realizou concorrência pública.

O prefeito, que não dá entrevistas, negou em nota saber do suposto esquema, mas demitiu o assessor, amigo e ex-secretário Jamil Issa Filho, que chegou a ser preso durante a operação Santa Tereza, da PF. Em liberdade, Jamil disse ser inocente e isentou o prefeito. Ainda assim, perdeu a vaga de coordenador da campanha tucana às eleições municipais deste ano.

Para a promotora Monica Magarinos Gimenez, que investiga as licitações da Termaq desde 2007, quando recebeu duas denúncias anônimas sobre o suposto "excesso" de trabalhos ganhos pela empreiteira junto à Prefeitura, a Operação Santa Tereza soou como um alerta:

- Não podemos tirar conclusões, mas as denúncias só vêm reforçar a necessidade do Ministério Público de aprofundar as investigações para apurarmos se houve crime de improbidade administrativa - disse ela, diante de uma pilha de cinco volumes de documentos.

Monica não traçou comparativos para saber não só em números, mas em termos financeiros, se a Termaq tem vencido mais licitações que as demais construtoras. Também deverá ser feita uma apuração sobre as condições de atuação das demais concorrentes para saber se houve privilégio. A promotora também deverá requerer junto à Justiça Federal uma cópia do processo que trata dos empréstimos do BNDES à cidade.

As doações da Termaq em campanhas eleitorais saltaram de R$550 em 2004 para R$175 mil em 2006, mas o foco nunca abandonou os amigos da Baixada Santista. Na eleição de 2004, para não escolher candidato, a empreiteira doou os R$550 para o comitê financeiro do PSDB da cidade de Mongaguá. Em 2006, mais animada, a construtora apostou no genro de Mourão, o tucano Cassio Navarro, que recebeu R$100 mil, mas ficou com a terceira suplência. O então vice-prefeito de São Vicente, Paulo de Souza (PSDB), recebeu R$25 mil. Beto Mansur, ex-prefeito de Santos e eleito deputado federal pelo PP, ficou com R$50 mil.

Já Manuel Fernandes de Bastos Filho, o Maneco, nunca teve o hábito de fazer doações em campanhas eleitorais. Sua empresa também não costuma participar de obras públicas. Segundo empresários da cidade, Maneco trabalha com a construção civil e tem um grande relacionamento com todas as construtoras. Sua empresa está fechada desde que ele foi considerado foragido pela PF. Mas todos continuam trabalhando, ainda que a portas fechadas.

O GLOBO foi até as sedes das duas empresas, que ficam na mesma avenida e próximas da Prefeitura de Praia Grande, e tentou falar com seus advogados e diretores, mas não foi atendido. Jamil Issa Filho não retornou o pedido de entrevista.

Em entrevista ao GLOBO por telefone, o vereador Cassio Navarro admitiu que recebeu diversas doações de construtoras em sua campanha a deputado em 2006. Para ele, no entanto, o fato de ser genro do prefeito Mourão não o privilegiou:

- Houve várias doações, muitas eu nem tive informações. Era um setor que tinha essa responsabilidade na campanha. Mas como candidato, nunca recusei ajuda. As empreiteiras que doaram acreditaram em minha candidatura, já que o litoral Eixo Sul (Baixada Santista), não tem nenhum representante.

Navarro disse ter recebido com muita surpresa as denúncias sobre a Termaq. Ele próprio diz ser do ramo da construção:

- No meu caso, do meu pai, do meu avô, temos o ramo da construção residencial.

Anônimo disse...

PROCESSO: 3747/06
CONTRATO N°.:172/06
FORNECEDOR: TERMAQ TERRRAPLENAGEM, CONSTRUÇÂO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
CNPJ:49.957.137/0001-28
SECRETARIA:SEJEL
MODALIDADE:CONCORRÊNCIA ESPECIAL SEJEL N° 001/06
DOTAÇÃO:15.02.00/27.812.3001.21.08/3.3.90.39.10
VALOR: R$ 12,00 POR M² MENSAIS
PRAZO LOCAÇÃO: 15 ANOS, INICIANDO NA DA DATA DE ENTREGA DAS CHAVES.
CONCLUSÃO DA OBRA: 365 DIAS
OBJETO: LOCAÇÃO DE IMÓVEL, COM OBRIGAÇÃO DE FAZER, CONSISTENTE EM: CONSTRUÇÃO, EM IMÓVEL DO LOCADOR, SITO A AVENIDA RIO BRANCO, QUADRA L, PARTE DO LOTE 8 E LOTES DE 9 A 15 DE PRÉDIO DESTINADO À IMPLANTAÇÃO DE GINÁSIO DE ESPORTES, COM ÁREA CONSTRUÍDA DE 2.000,00 M² EM ÁREA DE TERRENO DE 2.241,52 M², EM CONFORMIDADE COM A PLANTA DE LOCALIZAÇÃO NO BAIRRO BOQUEIRÃO.
DATA ASSINATURA: 18/12/2006
DATA PUBLICAÇÃO: 03/01/2007

Anônimo disse...

PROCESSO: 4234/06
CONTRATO N°.: 173/06
FORNECEDOR: TERMAQ TERRRAPLENAGEM, CONSTRUÇÂO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
CNPJ: 49.957.137/0001-28
SECRETARIA: SESAP
MODALIDADE: CONCORRÊNCIA ESPECIAL SESAP N° 001/06
DOTAÇÃO: 05.09.03/10.301.1001.2001/3.3.90.00.00-361
VALOR: R$ 12,82 POR M²
PRAZO LOCAÇÃO: 15 ANOS, INICIANDO NA DA DATA DE ENTREGA DAS CHAVES.
CONCLUSÃO DA OBRA: 365 DIAS
OBJETO: LOCAÇÃO DE IMÓVEL, COM OBRIGAÇÃO DE FAZER, CONSISTENTE EM: CONSTRUÇÃO, EM IMÓVEL DO LOCADOR, SITO A AVENIDA RIO BRANCO, QUADRA L, LOTE 7 E PARTE DO LOTE 8 DE PRÉDIO DESTINADO A IMPLANTAÇÃO DE UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA – USAFA, COM ÁREA CONSTRUÍDA DE 400 M² EM ÁREA DE TERRENO DE 446,32 M2, EM CONFORMIDADE COM A PLANTA DE LOCALIZAÇÃO NO BAIRRO BOQUEIRÃO/FORTE.
DATA ASSINATURA: 18/12/2006
DATA PUBLICAÇÃO: 03/01/2007

Anônimo disse...

PROCESSO: 8135/05
CONTRATO Nº.: 001/06
FORNECEDOR: ARZUL SHOPPING DA CONSTRUÇÃO LTDA.
CNPJ:55.838.346/0001-55
SECRETARIA: SETUR
DOTAÇÃO:
14.02.00.3.3.90.39.10.23.695.6002.1020
VALOR MENSAL: R$ 87.200,00
PRAZO: 12 MESES
OBJETO: LOCAÇÃO DE IMÓVEL NÃO RESIDENCIAL DE IMÓVEL SITO À AV. AYRTON SENNA DA SILVA, LE 30.623 – JD. INTERMARES – PRAIA GRANDE
DATA ASSINATURA: 02/01/2006
DATA PUBLICAÇÃO: 09/02/2006

Anônimo disse...

PROCESSO: 3752/06
CONTRATO Nº.: 031/06
FORNECEDOR: MARIA FÁTIMA GARCIA DA CUNHA
CPF: 133.711.598-33
SECRETARIA: SEAD
DOTAÇÃO:
08.10.00/04.122.7001.2010/3.3.90.36.15
VALOR: R$ 1.890,00 POR MÊS
PRAZO: 06 MESES
OBJETO: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL DE IMÓVEL DESTINADO À INSTALAÇÃO DE 1º. DISTRITO POLICIAL.
DATA ASSINATURA: 31/03/2006
DATA PUBLICAÇÃO: 06/05/2006

Anônimo disse...

PROCESSO: 2062/05
CONTRATO Nº.: 173/05
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
CNPJ: 49.957.137/0001-28
SECRETARIA: SESURB
MODALIDADE: CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº. 015/05
DOTAÇÃO: 11.17.00/15.122.6010.9092/3.3.90.39.41-6224
VALOR: R$ 39.845.384,11
PRAZO: 48 MESES
OBJETO: PREST. SERV. ENG. VISANDO MANUTENÇÃO DOS SERVIÇOS URBANOS
DATA ASSINATURA: 08/11/2005
DATA PUBLICAÇÃO: 19/11/2005

Anônimo disse...

PROCESSO: 7015/05
CONTRATO Nº.: 129/05
FORNECEDOR: PRUDÊNCIO VEIGA CALVO E SONIA MARIA PACHECO VEIGA
CPF: 160.947.788-04 E 357.988.908-72
SECRETARIA: SEDUC
MODALIDADE: DISPENSA DE LICITAÇÃO
DOTAÇÃO: 06.11.05/3.3.90.36.40/12.367.2110.9176
VALOR MENSAL: R$ 6.850,00
PRAZO: 02 ANOS
OBJETO: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL PARA AMPLIAÇÃO DAS INSTALAÇÕES DA ESCOLA ANAHY NAVARRO TROVÃO, SITO À AVENIDA PRESIDENTE COSTA E SILVA, 1099 – BAIRRO BOQUEIRÃO, PRAIA GRANDE/SP
DATA ASSINATURA: 01/09/2005
DATA PUBLICAÇÃO: 14/09/2005

Anônimo disse...

PROCESSO: 13310/05
CONTRATO Nº.: 130/05
FORNECEDOR: JOCELINO DOS SANTOS JÚNIOR
CPF:273.736.778-60
SECRETARIA: SEPROS
MODALIDADE: DISPENSA DE LICITAÇÃO
DOTAÇÃO:
12.02.00/3.3.90.36.40/08.122.4145.9084
VALOR MENSAL: R$ 5.700,00
PRAZO: 12 MESES
OBJETO: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL PARA INSTALAR O ABRIGO DO IDOSO, SITO Á RUA AUDÁLIA PEREIRA GOMES, 245 – QUADRA 37, LOTES 12, 13,14 E 15 – JARDIM GUILHERMINA, PARAIA GRANDE/SP.
DATA ASSINATURA: 01/09/2005
DATA PUBLICAÇÃO: 24/09/2005

Anônimo disse...

PROCESSO: 3228/05
CONTRATO Nº.:066A/05
FORNECEDOR: CLÁUDIO PAULO REZENDE
CPF:215.071.478/72
SECRETARIA:SESURB
DOTAÇÃO:
11.02.00/3.3.90.36.40/15.452.6010.9092
VALOR: R$ 1.650,00 MENSAL
PRAZO: 12 MESES
OBJETO: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL DESTINADO A ABRIGAR A DIVISÃO DE MANUTENÇÃO DE DRENAGEM DA SESURB
DATA ASSINATURA: 9/06/2005
DATA PUBLICAÇÃO: 17/06/2005

Anônimo disse...

PROCESSO: 15164/04
CONTRATO Nº: 026/05
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM, CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
CNPJ:49.957.137/0001-28
MODALIDADE: CONCORRÊNCIA 001/05
SECRETARIA: SEOP
DOTAÇÃO:
09.02.00/15.452.6010.9092/4.4.90.51.00-6224
VALOR: R$ 2.049.504,48
PRAZO: 18 MESES
OBJETO: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA VISANDO A CONSTRUÇÃO DO CENTRO ESPORTIVO MUNICIPAL BAIRRO ANTÁRTICA
DATA ASSINATURA: 28/03/2005
DATA PUBLICAÇÃO: 08/04/2005

Anônimo disse...

PROCESSO: 15163/04
CONTRATO Nº: 027/05
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM, CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
CNPJ: 49.957.137/0001-28
MODALIDADE: CONCORRÊNCIA 002/05
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.03/12.361.2105.9173/4.4.90.51.03-2073
VALOR: R$ 2.802.471,96
PRAZO: 18 MESES
OBJETO: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA VISANDO A CONSTRUÇÃO DO CENTRO ESPORTIVO MUNICIPAL BAIRRO TUPI E REFORMA DA ESCOLA JOSÉ PADIN MOUTA
DATA ASSINATURA: 30/03/2005
DATA PUBLICAÇÃO: 08/04/2005

Anônimo disse...

PROCESSO: 10073/04
CONTRATO Nº: 003/05
FORNECEDOR: NDL CONSTRUTORA E COMÉRCIO LTDA.
CNPJ: 01.315.384/0001-02
MODALIDADE: DISPENSA DE LICITAÇÃO
SECRETARIA: SESAP
DOTAÇÃO:
05.09.03/3.3.90.39.40/10.301.1105.9018
VALOR: R$ 2.800,00 MENSAL
OBJETO: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL DO IMÓVEL SITO À RUA DAS BEGÔNIAS ESQUINA COM AV. PRESIDENTE KENNEDY – BALN. FLÓRIDA, DESTINADO A IMPLANTAR A UNIDADE BÁSICA DE SAÚDE
DATA ASSINATURA: 11/02/2005
DATA PUBLICAÇÃO: 26/02/2005

Anônimo disse...

PROCESSO: 9299/04
CONTRATO: 146/04
FORNECEDOR: AD AGUIAR LOCAÇÕES LTDA.
CNPJ: 05.677.342/0001-64
ESPECIALIDADE:
LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL
MODALIDADE:
DISPENSA DE LICITAÇÃO
SECRETARIA: SESAP
DOTAÇÃO:
05.09.03/3.3.90.39.40/10.301.1090.6.901
VALOR MENSAL R$:5.900,00
PRAZO: 60 MESES
OBS.: LOCAÇÃO DESTINADA À INSTALAÇÃO DA UNIDADE DE SAÚDE DA VILA ALICE
DATA ASSINATURA: 30/09/2004
DATA PUBLICAÇÃO: 07/10/2004

Anônimo disse...

PROCESSO: 8313/04
CONTRATO: 116/04
FORNECEDOR: RAMIRA MARIA CARVALHO DE ARAÚJO
CPF: 147.717.388-90
ESPECIALIDADE: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL
SECRETARIA: SESPTRAN
DOTAÇÃO:
11.19.00/3.3.90.36.40/15.122.6010.2.909
VALOR: R$ 7.160,00 – MENSAL
PRAZO: 12 MESES
OBS.: LOCAÇÃO DESTINADA À ABRIGAR A GARAGEM MUNICIPAL
DATA ASSINATURA: 27/07/2004
DATA PUBLICAÇÃO: 25/08/2004

Anônimo disse...

PROCESSO: 4006/04
CONTRATO: 028/04
FORNECEDOR: CONSTRUTORA E INCORPORADORA JC XUXO LTDA.
ESPECIALIDADE: LOCAÇÃO DE IMÓVEIS
MODALIDADE: DISPENSA DE LICITAÇÃO
SECRETARIA: SEAD
DOTAÇÃO:
08.08.00/3.3.90.39.40/04.122.8105.8.913
DATA: 08/04/04
VALOR: R$ 12.500,00
PRAZO: 48 MESES
OBS.: LOCAÇÃO DE IMÓVEL, SITO À RUA GUIMARÃES ROSA, LOTES 01 A 05, QUADRA Q – VILA ALZIRA, EM PRAIA GRANDE, PARA INSTALAR O 45º BATALHÃO DA POLÍCIA MILITAR, CONFORME LEI Nº 1099 DE 07 DE JULHO DE 2000.

Anônimo disse...

PROCESSO: 23975/03
CONTRATO: 001/04
FORNECEDOR: JOSÉ MANUEL GUERRA
ESPECIALIDADE: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL
MODALIDADE: DISPENSA DE LICITAÇÃO
SECRETARIA: SEDECOM
DOTAÇÃO:
14.02.00/23.691.7140.9230/3.3.90.36.40
DATA: 05/01/2004
VALOR MENSAL: R$ 8.000,00
PRAZO: 60 MESES
OBS.: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL DESTINADA A ABRIGAR A INCUBADORA DE RESTAURANTES

Anônimo disse...

PROCESSO: 5383/03
CONTRATO: 002/04
FORNECEDOR: A.D. AGUIAR LOCAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL
MODALIDADE: DISPENSA DE LICITAÇÃO
SECRETARIA: SESAP
DOTAÇÃO:
05.09.00/3.3.90.39.40/10.301.1090.9016
DATA: 05/01/2004
VALOR MENSAL: R$ 30.300,00
PRAZO: 60 MESES
OBS.: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL DESTINADA A ABRIGAR A SECRETARIA DE SAÚDE PÚBLICA

Anônimo disse...

PROCESSO: 11784/03
CONTRATO: 003/04
FORNECEDOR: ALEXANDRE DE CARVALHO JORGE
ESPECIALIDADE: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL
MODALIDADE:DISPENSA DE LICITAÇÃO
SECRETARIA: SESAP
DOTAÇÃO:
05.09.03/3.3.90.36.40/10.301.1090.9016
DATA: 05/01/2004
VALOR MENSAL: R$ 3.960,00
PRAZO:60 MESES
OBS.:LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL DESTINADA A ABRIGAR A UNIDADE DE SAÚDE DA FAMÍLIA – JARDIM GLÓRIA

Anônimo disse...

PROCESSO: 17378/03
CONTRATO:010/04
FORNECEDOR: EMPREITEIRA FÊNIX FORTE LTDA.
ESPECIALIDADE:PRESTAÇÃO DE SERV. ENGENHARIA E LOCAÇÃO
MODALIDADE:CONCORRÊNCIA ESPECIAL SEDUC 001/03
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.02/12.365.2100.9172/3.3.90.39.40-2114
DATA:16/02/2004
VALOR MENSAL: R$ 8,72 POR M² DE ÁREA CONSTRUÍDA
PRAZO: 365 DIAS PARA EXECUÇÃO DA OBRA E 15 ANOS PARA LOCAÇÃO DO IMÓVEL
OBS.: LOCAÇÃO DE IMÓVEL, COM OBRIGAÇÃO DE FAZER CONSISTENTE: CONSTRUÇÃO, EM IMÓVEL DO LOCADOR, À RUA SÃO FRANCISCO DE ASSIS S/Nº, DESTINADO A ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL.

Anônimo disse...

PROCESSO: 15701/03
CONTRATO:011/04
FORNECEDOR: A.D. AGUIAR LOCAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERV. ENGENHARIA E LOCAÇÃO
MODALIDADE: CONCORRÊNCIA ESPECIAL SEDUC 002/03
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.02/12.365.2100.9172/3.3.90.39.40-2114
DATA:16/02/2004
VALOR MENSAL: R$ 8,20 POR M² DE ÁREA CONSTRUÍDA
PRAZO: 365 DIAS PARA EXECUÇÃO DA OBRA E 15 ANOS PARA LOCAÇÃO DO IMÓVEL
OBS.: LOCAÇÃO DE IMÓVEL, COM OBRIGAÇÃO DE FAZER CONSISTENTE: CONSTRUÇÃO, EM IMÓVEL DO LOCADOR, À RUA JOÃO ROBERTO CORREIA – QD. 60 LOTES 15 À 21 – VILA SÔNIA, DESTINADO A ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL.

Anônimo disse...

PROCESSO: 17331/03
CONTRATO: 012/04
FORNECEDOR: A.D. AGUIAR LOCAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERV. ENGENHARIA E LOCAÇÃO
MODALIDADE: CONCORRÊNCIA ESPECIAL SEDUC 003/03
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.02/12.365.2100.9172/3.3.90.39.40-2114
DATA: 16/02/2004
VALOR MENSAL: R$ 8,49 POR M² DE ÁREA CONSTRUÍDA
PRAZO: 365 DIAS PARA EXECUÇÃO DA OBRA E 15 ANOS PARA LOCAÇÃO DO IMÓVEL
OBS.: LOCAÇÃO DE IMÓVEL, COM OBRIGAÇÃO DE FAZER CONSISTENTE: CONSTRUÇÃO, EM IMÓVEL DO LOCADOR, À RUA ALFRED HIEDENBICHLER, QD. 22A – LOTES 19 À 23 – VILA ALICE, DESTINADO A ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL.

Anônimo disse...

PROCESSO: 17330/03
CONTRATO: 013/04
FORNECEDOR: A.D. AGUIAR LOCAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERV. ENGENHARIA E LOCAÇÃO
MODALIDADE:CONCORRÊNCIA ESPECIAL SEDUC 004/03
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.02/12.365.2100.9172/3.3.90.39.40-2114
DATA: 16/02/2004
VALOR MENSAL: R$ 9,01 POR M² DE ÁREA CONSTRUÍDA
PRAZO:365 DIAS PARA EXECUÇÃO DA OBRA E 15 ANOS PARA LOCAÇÃO DO IMÓVEL
OBS.: LOCAÇÃO DE IMÓVEL, COM OBRIGAÇÃO DE FAZER CONSISTENTE: CONSTRUÇÃO, EM IMÓVEL DO LOCADOR, À RUA 1º DE JANEIRO – SÍTIO EMBOASSÚ, ÁREA 08/30, DESTINADO A ESCOLA DE EDUCAÇÃO INFANTIL.

Anônimo disse...

PROCESSO: 17381/03
CONTRATO: 014/04
FORNECEDOR: A.D. AGUIAR LOCAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERV. ENGENHARIA E LOCAÇÃO
MODALIDADE: CONCORRÊNCIA ESPECIAL SEDUC 005/03
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.03/12.361.2105.9174/3.3.90.39.40-2194
DATA: 16/02/2004
VALOR MENSAL: R$ 8,20 POR M² DE ÁREA CONSTRUÍDA
PRAZO: 365 DIAS PARA EXECUÇÃO DA OBRA E 15 ANOS PARA LOCAÇÃO DO IMÓVEL
OBS.: LOCAÇÃO DE IMÓVEL, COM OBRIGAÇÃO DE FAZER CONSISTENTE: CONSTRUÇÃO, EM IMÓVEL DO LOCADOR, À RUA JOÃO ROBERTO CORREIA – QD. 60 LOTES 24/PARTE À 29 – VILA SÔNIA, DESTINADO A ESCOLA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL.

Anônimo disse...

PROCESSO: 17379/03
CONTRATO: 015/04
FORNECEDOR: EMPREITEIRA FÊNIX FORTE LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERV. ENGENHARIA E LOCAÇÃO
MODALIDADE: CONCORRÊNCIA ESPECIAL SEDUC 001/03
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.03/12.361.2105.9174/3.3.90.39.40-2194
DATA: 16/02/2004
VALOR MENSAL: R$ 8,57 POR M² DE ÁREA CONSTRUÍDA
PRAZO: 365 DIAS PARA EXECUÇÃO DA OBRA E 15 ANOS PARA LOCAÇÃO DO IMÓVEL
OBS.: LOCAÇÃO DE IMÓVEL, COM OBRIGAÇÃO DE FAZER CONSISTENTE: CONSTRUÇÃO, EM IMÓVEL DO LOCADOR, À RUA ‘C’ COM RUA ‘R’ –QD. 44 – LOTES 01 À 06, BAIRRO ANTÁRTICA, DESTINADO A ESCOLA DE EDUCAÇÃO FUNDAMENTAL.

Anônimo disse...

PROCESSO: 2026/03
CONTRATO: 108/03
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPL. CONSTR. CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA
MODALIDADE: CP SEOP 001/03
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.04/4.4.90.51.03/12.361.2105.9173
DATA: 09/09/2003
PRAZO: 360 DIAS
VALOR:R$ 1.877.528,43
OBS.: CONSTRUÇÃO CENTRO RECREATIVO E ESCOLA MUNICIPAL MELVI

Anônimo disse...

PROCESSO: 3748/03
CONTRATO: 109/03
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPL. CONSTR. CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA
MODALIDADE: CP SEOP 003/03
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.02/4.4.90.51.03/12.365.2100.9171
DATA: 10/09/2003
PRAZO: 360 DIAS
VALOR:R$ 2.787.452,70
OBS.: CONSTRUÇÃO DE ESCOLAS MUNICIPAIS ESMERALDA I E II

Anônimo disse...

PROCESSO: 3238/03
CONTRATO: 114/03
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPL. CONSTR. CIVIL E ESCAVAÇÒES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA
MODALIDADE: CP SEOP 002/03
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.04/4.4.90.51.03/12.361.2105.9173
DATA: 22/09/2003
PRAZO: 360 DIAS
VALOR:R$ 2.303.175,05
OBS.: CONSTRUÇÃO CENTRO RECREATIVO E ESCOLA MUNICIPAL TREVO

Anônimo disse...

PROCESSO: 9695/02
CONTRATO:051/03
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM CONSTR. CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA
MODALIDADE:
TOMADA DE PREÇOS SEOP 002/03
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.05/4.4.90.51.03/12.367.2110.9175
DATA: 08/05/2003
PRAZO: 360 DIAS
VALOR:R$ 1.287.807,09
OBS.: CONSTRUÇÃO DA UNIDADE DE EDUCAÇÃO ESPECIAL BALNEÁRIO PALMEIRAS

Anônimo disse...

PROCESSO: 1001/03
CONTRATO:124/03
FORNECEDOR: A. D. AGUIAR LOCAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE:LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL
SECRETARIA: SEDUC SEAD
DOTAÇÃO:
06.08.00/3.3.90.39.40/12.122.2090.9042;
06.11.00/3.3.90.39.40/12.122.2090.9042;
06.11.02/3.3.90.39.40/12.365.2100.9172; 06.11.04/3.3.90.39.40/12.361.2105.9174;
06.11.03/3.3.90.39.40/12.361.2105.9174; 06.11.05/3.3.90.39.40/12.367.2110.9176
08.08.00/3.3.90.39.40/04.122.8105.9138
DATA:05/11/2003
PRAZO:60 MESES
VALOR:R$ 36.500,00 P/MÊS
OBS.: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL DESTINADA À INSTALAÇÃO DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO, ALMOXARIFADO CENTRAL E ARQUIVO DA SECRETARIA DE ADMINISTRAÇÃO

Anônimo disse...

PROCESSO: 16096/01
CONTRATO:008/02
FORNECEDOR: Termaq Terraplenagem, Construção Civil e Escavações Ltda.
ESPECIALIDADE:Prestação de Serviços de Engenharia
MODALIDADE:Concorrência
SECRETARIA: SESPTRAN
DOTAÇÃO:
11.19.00/3.3.90.36.41/15.122.6010.9060
DATA:16/01/2002
PRAZO:48 MESES
VALOR:R$27.521.109,64
OBS:Prestação de Serviços de Manutenção com Utilização de Equipamento e Pessoal Habilitado.

Anônimo disse...

PROCESSO: 16098/01
CONTRATO: 025/02
FORNECEDOR: Termaq Terraplenagem, Construção Civil e Escavações Ltda.
ESPECIALIDADE:Prestação de Serviços de Engenharia
MODALIDADE:Tomada de Preços
SECRETARIA: SESAP
DOTAÇÃO:
05.09.05/4.4.90.51.03/10.301.1120.9021
DATA:25/03/2002
PRAZO:360 DIAS
VALOR:R$ 1.420.531,12
OBS:Construção de Unidades de saúde da Família – USAFA – Vila S. Jorge, Caieiras, Samambaia, Melvi e Bal. Jóia.

Anônimo disse...

PROCESSO: 515/02
CONTRATO:027/02
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM, CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA
MODALIDADE: TOMADA DE PREÇOS
SECRETARIA: SEOP
DOTAÇÃO:
10.18.00/4.4.90.51.00/15.451.6010.9091
DATA:02/04/2002
PRAZO:360 DIAS
VALOR:R$ 1.150.992,13
OBS:RECUPERAÇÃO E RECONSTRUÇÃO DA URBANIZAÇÃO DA ORLA DA PRAIA

Anônimo disse...

PROCESSO: 1089/02
CONTRATO:068/02
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE:PRESTAÇÃO SERV. ENGENHARIA
MODALIDADE:CONCORRÊNCIA
SECRETARIA: SEOP
DOTAÇÃO:
10.18.00/4.4.90.51.03/15.451.6010.9091
DATA:02/07/2002
PRAZO:360 DIAS
VALOR:R$ 15.794.037,54
OBS: URBANIZAÇÃO DA ORLA DA PRAIA E OBRAS COMPLEMENTARES

Anônimo disse...

PROCESSO: 12840/01
CONTRATO: 103/02
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM, CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO SERVIÇOS DE ENGENHARIA
MODALIDADE: CONCORRÊNCIA PÚBLICA
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.03/4.4.90.51.01/12.361.2105.9173
DATA: 10/09/2002
PRAZO: 37 MESES
VALOR:R$ 11.428.934,68
OBS.: REVITALIZAÇÃO E REFORMA DE UNIDADES ESCOLARES

Anônimo disse...

PROCESSO: 13336/02
CONTRATO: 104/02
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM, CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE ENGENHARIA
MODALIDADE: TOMADA DE PREÇOS
SECRETARIA: SESAP
DOTAÇÃO:
05.08.00/4.4.90.51.04/10.302.1110.9019
DATA: 10/09/2002
PRAZO: 360 dias
VALOR:R$ 1.404.997,42
OBS: AMPLIAÇÃO DA SANTA CASA DE PRAIA GRANDE – CONSTRUÇÃO DE DOIS PAVIMENTOS

Anônimo disse...

PROCESSO: 9322/02
CONTRATO: 122/02
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA
MODALIDADE:TOMADA DE PREÇOS
SECRETARIA: SEOP
DOTAÇÃO:
10.18.00/4.4.90.51.01/15.452.6130.9191
DATA: 16/10/02
PRAZO: 360 DIAS
VALOR:R$ 1.183.398,90
OBS.: CONSTRUÇÃO DO CONJUNTO HABITACIONAL BALNEÁRIO JÓIA

Anônimo disse...

PROCESSO: 15654/01
CONTRATO: 147/02
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA
MODALIDADE: TOMADA DE PREÇOS
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.03/4.4.90.51.04/12.361.2105.9173
DATA: 06/12/2002
PRAZO: 360 DIAS
VALOR:R$ 1.101.921,72
OBS.: CONSTRUÇÃO DA NOVA SEDE DA E.M. SÃO FANCISCO DE ASSIS E BIBLIOTECA MUNICIPAL

Anônimo disse...

PROCESSO: 12974/01
CONTRATO: 158/02
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA
MODALIDADE: TOMADA DE PREÇOS
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
06.11.03/12.361.2105.9174/4.4.90.51.01
DATA:23/12/2002
PRAZO: 360 DIAS
VALOR:R$ 786.603,70
OBS.: AMPLIAÇÃO E REFORMA DA ESCOLA LIONS CLUBE OCIAN

Anônimo disse...

PROCESSO: 9685/02
CONTRATO: 050/02
FORNECEDOR: JOSÉ ANTONIO DELLA LIBERA
ESPECIALIDADE: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL
SECRETARIA: SESAP
DOTAÇÃO:
05.10.00/3.3.90.36.40/10.301.1105.9018
DATA: 10/06/2002
PRAZO: 12 MESES
VALOR:R$ 3.430,00 MENSAIS
OBS: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL PARA ABRIGAR O AMBULATÓRIO DE SAÚDE MENTAL

Anônimo disse...

PROCESSO: 7012/94
CONTRATO: 099/02
FORNECEDOR: SALVADOR MARCELO GOZZA
ESPECIALIDADE: LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL
MODALIDADE: INEXIGIBILIDADE
SECRETARIA: SESAP
DOTAÇÃO:
05.09.03/3.3.90.36.40/10.305.1130.9026
DATA: 29/08/2002
PRAZO: 06 MESES
VALOR:R$ 1.000,00 MENSAIS
OBS.: LOCAÇÃO DE IMÓVEL PARA O SETOR DE APREENSÃO DE ANIMAIS – SEMAN

Anônimo disse...

PROCESSO: 12838/01
CONTRATO: 140/01
FORNECEDOR: TERMAQ – TERRAPLENAGEM, CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA
ESPECIALIDADE: Prestação de obras e serviços de engenharia
MODALIDADE: Tomada de Preços
SECRETARIA:SEDUC
DOTAÇÃO:
08.16.02/4.5.90.51.03/12.361.1201.1.100
DATA: 19/11/2001
PRAZO: 360 dias
VALOR:R$ 1.433.425,85
OBS: Construção da Escola – Jd. Icaraí

Anônimo disse...

PROCESSO: 3981/01
CONTRATO: 068/01
FORNECEDOR: Lucilei Aparecida da Cruz
ESPECIALIDADE: Locação não residencial
MODALIDADE: Inexigibilidade
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
08.16.01/3.4.90.39.46/12.365.1203.2.156
DATA: 28/03/2001
PRAZO: 12 MESES
VALOR:R$ 1.230,00
OBS: Instalação da Escola Municipal Balneário das Palmeiras

Anônimo disse...

PROCESSO: 5213/01
CONTRATO: 069/01
FORNECEDOR: Maria de Fátima Garcia da Cunha
ESPECIALIDADE: Locação não residencial
MODALIDADE: Inexigibilidade
SECRETARIA: SEAD
DOTAÇÃO:
10.09.00/3.4.90.36.40/04.122.0402.2.101
DATA: 30/03/2001
PRAZO: 12 MESES
VALOR:R$ 1.460,00
OBS: Locação do 1º Distrito Policial

Anônimo disse...

PROCESSO: 8106/01
CONTRATO: 072/01
FORNECEDOR: Dilma Janete de Oliveira
ESPECIALIDADE: Locação não residencial
MODALIDADE: Inexigibilidade
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
08.16.01/3.4.90.39.46/12.365.1203.2.156
DATA: 27/04/2001
PRAZO: 12 MESES
VALOR:R$ 990,00 MENSAIS
OBS: Instalação da Escola Muncipal Os Fofinhos

Anônimo disse...

PROCESSO: 3980/01
CONTRATO: 079/01
FORNECEDOR: Maria do Rosário Giaquinto
ESPECIALIDADE: Locação não residencial
MODALIDADE: Inexigibilidade
SECRETARIA: SEDUC
DOTAÇÃO:
08.16.01/3.4.90.36.40/12.365.1203.2.156
DATA: 01/06/2001
PRAZO: 12 meses
VALOR:R$: 1.290,00 MENSAIS
OBS: Instalação da Escola EMEI Icaraí

Anônimo disse...

PROCESSO: 10614/01
CONTRATO: 102/01
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM, CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÒES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA
MODALIDADE: CONCORRÊNCIA PÚBLICA
SECRETARIA: SEOP
DOTAÇÃO:
13.26.00/4.5.90.51.03/15.451.1507.1.103
DATA: 23/08/2001
PRAZO: 24 MESES
VALOR:R$ 6.144.854,92
OBS: EXECUÇÃO DA MURETA DE CONTENÇÃO E OBRAS DE ARTE E COMPLEMENTARES NOS BAIRROS MIRIM E FLÓRIDA

Anônimo disse...

PROCESSO: 12835/01
CONTRATO: 105/01
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM, CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA
MODALIDADE: TOMADA DE PREÇOS
SECRETARIA: SEOP
DOTAÇÃO:
08.16.02/4.5.90.51.00/12.361.1201.1.100
DATA: 28/08/2001
PRAZO: 360 DIAS
VALOR:R$ 1.247.257,00
OBS: CONSTRUÇÃO DA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL JARDIM QUIETUDE

Anônimo disse...

PROCESSO: 12836/01
CONTRATO: 106/01
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM, CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA
MODALIDADE: TOMADA DE PREÇOS
SECRETARIA: SEOP
DOTAÇÃO: 08.16.02/4.5.90.51.00/12.361.1201.1.100
DATA: 28/08/2001
PRAZO: 360 DIAS
VALOR:R$ 1.362.547,00
OBS: CONSTRUÇÃO DA ESCOLA DE ENSINO FUNDAMENTAL BAL. ABC

Anônimo disse...

PROCESSO: 310/2000 CONTRATO: 006/2000
FORNECEDOR: MARIA SOCORRO CARNERO BELLON DE CREGO ESPECIALIDADE: LOCAÇÃO MODALIDADE: DISPENSA DE
DATA DA CELEBRAÇÃO: 01/02/2000
PRAZO: 12 MESES, INICIANDO-SE EM 01/02/2000 PARA FINDAR EM 31/01/2001
VALOR: R$ 1.200,00
DOTAÇÃO.08.16.01/3.1.3.2.00/0841.190.2156
OBS: AMPLIAR ESCOLA MUNICIPAL MÁRIO POSSANI

Anônimo disse...

PROCESSO: 960/2000 CONTRATO: 011/2000
FORNECEDOR: LUIZ ADRIANO BARBOSA DA SILVA ESPECIALIDADE:LOCAÇÃO
MODALIDADE: DISPENSA DE LICITAÇÃO
SECRETARIA: SEAD
DATA DA CELEBRAÇÃO: 24/02/2000
PRAZO: 12 MESES, INICIANDO-SE EM 01/03/2000 PARA FINDAR EM 01/03/2001
VALOR: R$ 5.130,00
OBS: LOCAÇÃO P/ INSTALAÇÃO DO 45º BATALHÃO DA P.M.
DOTAÇÃO:10.09.00/3.1.3.2.00/03.07.021.2.101

Anônimo disse...

PROCESSO: 1.980/2000 CONTRATO: 019/2000
FORNECEDOR: EUNICE ALVES GOMES ESPECIALIDADE:LOCAÇÃO MODALIDADE: DISPENSA DE LICITAÇÃO
SECRETARIA: SESAP
DATA DA CELEBRAÇÃO: 07/04/2000
PRAZO: 12(DOZE) MESES, INICIANDO-SE EM 02/05/2000 PARA FINDAR EM
01/05/2001
VALOR: R$ 2.000,00//
OBS: LOCAÇÃO P/ ABRIGAR O NÚCLEO DE REABILITAÇÃO FÍSICA E MENTAL HENRY
DOTAÇÃO: 07.15.00/3.1.3.2.00/13.75.428.2118

Anônimo disse...

PROCESSO: 3.124/2000 CONTRATO: 021/2000
FORNECEDOR: ANTONIO MENDES ESPECIALIDADE:LOCAÇÃO MODALIDADE: DISPENSA DE LICITAÇÃO
SECRETARIA: SAJUR
DOTAÇÃO:05.02.00/3.1.3.2.00
DATA DA CELEBRAÇÃO:12/04/2000
PRAZO:12(DOZE) MESES, INICIANDO-SE EM 12/04/2000 PARA FINDAR EM
11/04/2001
VALOR: R$ 1.500,00//
OBS: LOCAÇÃO P/ ABRIGAR O ARQUIVO DE PROCESSOS DO FÓRUM DA COMARCA DE
PRAIA GRANDE

Anônimo disse...

PROCESSO: 11.318/2000 CONTRATO: 058/2000
FORNECEDOR: CARLOS LOBÃO
ESPECIALIDADE: CONTRATO DE LOCAÇÃO NÃO RESIDENCIAL
MODALIDADE: INEXIGIBILIDADE
SECRETARIA: FUSFA
VALOR R$ 1.620,00 MENSAL
DOTAÇÃO:02.02.00/3.1.3.2.00/03.07.020.2.100
DATA DA CELEBRAÇÃO: 01.11/00
PRAZO: SERÁ DE 12 MESES .

Anônimo disse...

PROCESSO: 9.313/99 CONTRATO: 009/2000
FORNECEDOR: TERMAQ- TERRAPLENAGEM CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA.
ESPECIALIDADE: ENGENHARIA
MODALIDADE: CONCORRÊNCIA
SECRETARIA: SEOSP
DATA DA CELEBRAÇÃO: 28/02/2000
PRAZO: 20 MESES, CONTADOS DE SUA ASSINATURA
VALOR: R$ 4.291.286,08
OBS: SISTEMA VIÁRIO PARA TRANSPORTE COLETIVO DOS BAIRROS TREVO E MELVI

Anônimo disse...

PROCESSO: 15.654/1999 CONTRATO: 042/2000
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM CONSTRUÇÀO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA
ESPECIALIDADE:ENGENHARIA MODALIDADE: TOMADA DE PREÇOS
SECRETARIA: SEOSP
DATA DA CELEBRAÇÃO:27/07/2000
PRAZO:360 (TREZENTOS E SESSENTA) DIAS, CONTADOS DA SUA ASSINATURA DO
CONTRATO
VALOR: R$ 1.430.695,76.//
OBS: PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE ENGENHARIA, VISANDO A CONSTRUÇÃO DE UNIDADE
ESCOLAR PARA ENSINO FUNDAMENTAL - JARDIM SAMAMBAIA

Anônimo disse...

PROCESSO: 7880/2000 CONTRATO: 063/2000
FORNECEDOR: TERMAQ TERRAPLENAGEM CONSTRUÇÃO CIVIL E ESCAVAÇÕES LTDA
ESPECIALIDADE: SERVIÇOS DE ENGENHARIA
MODALIDADE: TOMADA DE PREÇOS
SECRETARIA: SEOSP
VALOR R$ 845.840,37
DOTAÇÃO:08.16.02/4.1.1.0.00/08.42.188.1.100
DATA DA CELEBRAÇÃO: 20.12.2000
PRAZO: 360 DIAS .
OBS:CONTRATO DE OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA , VISANDO A EDIFICAÇÃO DA UNIDADE ESCOLAR MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL VILA MIRIM III.

Anônimo disse...

Mandei pro CQC:

Essa tem que ser matéria do CQC pois é algo inédito na história do país (ou talvez indédito). A Prefeitura de Praia Grande vem realizando várias licitações com a empresária individual R. M. El Khatib - ME (ver, por exemplo, dário oficial do dia 02/08/2008, Poder Executivo I, Diário dos Municípios, pag. 183 e dia 23/08/2008, Poder Executivo I, Diário dos Municípios, pag. 118).
Ocorre que a tal empresária faleceu no dia 08/06/2007 (Cartório do 9º Subdistrito de Vila Mariana, folhas 220-V do Livro C nº 125 de Registro de Óbitos, Termo nº 40640).
Ora, se se trata de empresária individual que faleceu e não consta na Junta Comercial que algum sucessor continuou a atividade da empresa (e mesmo que isso tivesse ocorrido, não se poderia usar o nome de pessoa morta para contratar com a Administração Pública) Como essa pessoa participa de preções eletrônicos?? No céu, ou no inferno, sei lá, já tem internet???
Será um caso assombroso, do tipo "aconteceu comigo" que todo mundo duvida??
Isso daria uma excelente matéria. É só pesquisar no Cartório e no diário oficial, tudo conforme indicado, que termos uma matéria inédita!
Com a palavra o Senhor Prefeito!

fuinha disse...

Pior que consegui achar inclusive INCONSTITUCIONALIDADE nessas cabeças. as de Jesus e Maria FEREM o principio de laicidade da constituição, pois repersentam apenas a religião cristã. Portanto, o correto seria ou não existirem essas ou o prefeito ter colocado cabeças representando todas religiões existentes no mundo, incluindo as não-religiões como ceticismo, ateismo e agnosticismo.

o que diz a constituição:

Art. 19. É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios:

I - estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público;

II - recusar fé aos documentos públicos;

III - criar distinções entre brasileiros ou preferências entre si.

Ao colocar imagens q representem o cristianismo, a prefeitura de praia grande alem de demonstrar uma certa forma de aliança com o cristianismo, diferencia brasileiros, privilegiando com uma "homenagem" aqueles que são cristãos, e esquecendo os que seguem qualquer outra ou nenhuma religião.

Lucas disse...

Só para informar, não há mar no Brasil, somente o Oceano Atlântico!

Franz Josef Hildinger disse...

Fica a sugestão do Lucas para que nossas autoridades fiquem atentas a esse detalhe sugerindo mudar o nome da Serra do Mar para Serra do Oceano, Estrada Velha do Mar para Estrada Velha do Oceano, Shopping Praiamar para PraiaOceano. E quanto à Ponte do Mar Pequeno, a mesma já teve seu nome alterado para Esmeraldo Tarquínio.

Stasionisas disse...

Sou de outra cidade e estas esculturas são magníficas. Deveriam ser preservadas, pois a proteção contra ferrugem não está funcionando. Estas esculturas deveriam ser parte do cartão postal da Praia Grande. São realmente maravilhosas. Uma coisa é exigir prestação de contas (louvável), outra é ser insensível (deplorável) para não enxergar a grandiosidade desta obra artística!

Patricia Iraha disse...

Sempre que passo em frente a essa praça, fico indignada. Por que não fazer um parque arborizado, melhorando o escoamento de água,e assim o meio ambiente? Ou algo que realmente interagisse com a população e não apenas pensando no embelezamento.Essas cabeças são apenas um símbolo do descaso existente em nosso município. Está claro que estamos totalmente "a Deus dará", pois aqui não existe segurança.Os equipamentos de lazer não são para serem utilizados, são apenas fachadas para que se roube mais dinheiro da população. É assim também com o "nosso" teatro, que raramente nos proporciona espetáculos, e quando os fazem mal são divulgados.Parabéns, Franz, você é uma voz importante nesta cidade,que a natureza fez tão bela , porém é tão maltratada pelos homens.

Franz Josef Hildinger disse...

Eu sempre achei essas cabeças além de mau gosto, burrice pois toda é preciso fazer manutenção e conservação das peças e essas palavras não existem no dicionário deles. Obrigado pela parte que me toca e sou agradecido por conhecer tanta gente boa nesta cidade. Estou no facebook também.