31 de julho de 2010

O óbvio: nada resolvido

Buracos e mais buracos. Nas contas públicas? Nas ruas sim! Abaixo um buraco que vem se expandindo a cada chuva que passa.







30 de julho de 2010

O Fato dos Factoides em Praia Grande

Quando eu vi toda a pirotecnia da Prefeitura na imprensa de que iria fechar a Expresso Sul para fazer a sua conservação. Não pensei duas vezes, fui lá correndo, uma semana antes de fechar a supracitada e bati algumas fotos. Como relatado no noticiário, o Expresso Sul foi fechada, surgiu aquele trânsito todo, aquela loucura para o povo pensar que estavam trabalhando. Pois bem, os buracos que estavam antes ainda estão lá. TODOS. Agora vou demonstrar para quem não sabe o que é factoide, como se cria e como se engana o povo através deles.

Abaixo a foto que tirei, como disse, antes do factoide. Vejam que o buraco, passei agora lá, e ainda o vejo sorrindo para os incautos que votam nessa gente.


29 de julho de 2010

Armadilha no Asfalto

video

Alguns segundos de filmagem vocês vão reparar os absurdos que acontece em Praia Grande.

28 de julho de 2010

Por que o asfalto não dura?


Enviarei uma série de reportagens sobre a qualidade do asfalto e os buracos nas ruas que fiz em vários pontos de Praia Grande. Na foto acima vocês podem reparar o que aconteceu com o asfalto depois da chuva. No mês passado a prefeitura ou a SABESP fechou alguns buracos que por sinal, fizeram um serviço de porco porque é preciso asfaltar tudo de novo e não só o buraco pois é preciso deixar o lugar do jeito que estava antes e não todo tudo remendado e desnivelado. Mas voltando à fato, alguém poderia dizer com conhecimento de causa por que depois da chuva, o asfalto de Praia Grande sai com água?

27 de julho de 2010

Lixão Urbano

video

Enquanto a propaganda política está nas ruas e na imprensa, o povo é deixado de lado. Parece que o governo parou de vez e contempla todas as irregularidades que deveria combater. O governo de Praia Grande está inerte. Estamos vivendo uma calamidade administrativa. Até quando aguentaremos essa bagunça? Será que incompetência pode ser motivo de cassação?

26 de julho de 2010

Do calamitoso ao fétido

Quem for fazer compras no Compre Bem na Vila Tupi em Praia Grande, tampe o nariz senão você comida não vai comprar. O local dá ânsia. Os comerciantes do local chegaram até mim para reclamar que a Prefeitura nada faz embora eles tivessem protocolado várias reclamações. É o jogo de empurra que venho denunciando aqui: Prefeitura diz que é a SABESP e vice-versa. Mas é bom lembrar que quem zela pelos interesses dos munícipes é o seu prefeito. Para que pagamos procuradores então? Vão trabalhar! Vão acionar os culpados. O escritório do candidato Vitrolinha fica na outra esquina, será que ele não sente o cheiro de esgoto? Será que ele recebe o povo desse jeito?


Outro problema que estou cansado de mostrar. Até quando? Fica na frente, bem na frente do escritório do Vitrolinha e do escritório do Mourão. Deixa chover que vou mostrar ao povo que essa gente não tem competência nem para resolver o que acontece na porta da casa deles.


20 de julho de 2010

E eles se importam com você?

Se importam com o seu voto! Mas em Praia Grande eles têm a certeza da burrice do eleitor, por isso, nem ao menos dão um "tapa" na cidade durante as eleições. Têm certeza de que vão conseguir os votos dos mais idiotas. Por isso, faça sua parte. Não trate seu voto como lixo. Pense e vote com o cérebro.



19 de julho de 2010

Entulho por todo lado

Que Praia Grande é conhecida como o feudo da construção civil, tudo mundo sabe. Mas esse tipo de esculhambação, espalhar entulho pela cidade deveria ser um tiro no pé. Esse lixo todo é o cartão de visitas para qualquer investidor que aqui vem pôr seu dinheiro. E é verdade. Basta dar uma volta em qualquer quarteirão da cidade para perceber que aqui é a cidade do lixo nas ruas.

18 de julho de 2010

Calçada da Infâmia

Só tem uma resposta, uma lógica para explicar tudo isso: o Poder Público não liga para nós. Será que essa gente não tem vergonha em apresentar esse tipo de mediocridade à sociedade? Até quando?


17 de julho de 2010

Ninguém escapa do lixo

São ruas e mais ruas, calçadas, praças, a praia, só lixo. Eu não acho certo culpar a população. Será que não existe em Praia Grande a figura do varredor de ruas? Para onde estão indo os mais de meio bilhão de reais que é a previsão para ser arrecadado esse ano? Recolher o lixo não é uma prioridade? Um serviço essencial? E agora vêm esses políticos de Praia Grande pedir votos. Vão para o inferno!


16 de julho de 2010

Eleição é motivo para não trabalhar?

Todos políticos estão ouriçados com a temporada de votos. A eleição contagiou a imprensa também. Enquanto isso o povo que sofre abandonado pelo poder público. Temos um caminhões de lixo andando pela cidade, mas pegam o lixo? Temos um telefone 0800 conhecido como rapa-treco, funciona?


15 de julho de 2010

Dando chance para o azar

Esses sacos são um convite para o mal estar social. Ora, com a chuva, a possibilidade desse e outros lixos caírem em córregos, galerias de águas, etc., é muito grande. É preciso educar a população. A conscientização é a chave para a Ordem. Até quando nossas autoridades permanecerão de olhos fechados para esse e outros problemas? Será que ninguém da prefeitura anda pela cidade para notar essa inconformidade social?

11 de julho de 2010

Reflexões sobre Lixo, Transporte Público e Inércia Pública

video

Neste vídeo mostro que quem sai do Atacadão e vai pegar ônibus na Marginal, tem que passar por muitas provações. Calçada de barro, abrigo que não atende os portadores de necessidades especiais, lixo por toda parte, falta iluminação, falta segurança. Um exemplo de sadismo para com o povo mais humilde.

10 de julho de 2010

Marginal do Lixo


Av. Dr. Roberto de Almeida Vinhas. A Marginal do Lixo. É impossível encontrar um quarteirão que esteja limpo. Está tudo sujo e emporcalhado.

9 de julho de 2010

Rua Durval Pereira da Fonseca



Para quem já viu de tudo, poderia achar essa sujeira normal. Mas observem na segunda foto. Há uma caçamba no local. Observem também a calçada. Que calçada? É isso que vamos encontrar nos bairros da Zona 3: desordem, ausência do Poder Público, muita sujeira!

8 de julho de 2010

Cavalos invadem Praia Grande

Esse vídeo eu faço questão que vocês veja. Acima minha dúvida: cadê os cavalos que cagaram na calçada? O que podemos pensar disso? Cavalos soltos! Então fui caminhando e encontrei-os no cemitério de Praia Grande. Como os cidadãos veem essas coisas e as câmeras da prefeitura não? Você responde...

video


7 de julho de 2010

Ponto de Ônibus Insalubre

Tentem se colocar no lugar do usuário do transporte público de Praia Grande. Este lugar, é um lugar insalubre para qualquer humano. O ponto de ônibus fica numa calçada de terra com lixo espalhado por todo o lado. Imagine isso num dia de chuva. E se um idoso ou deficiente (se conseguir chegar no abrigo) quiser sentar, poderá encontrar um animal em seu lugar. É assim que se trata o cidadão em Praia Grande - com todo desprezo do mundo. Mas quem não quer ver isso, que leia o jornal local ou a imprensa chapa-branca (sustentada pelo dinheiro público).

6 de julho de 2010

O Imóvel do Lixo


Por quem passa de carro pela Av. Ministro Marcos Freire não percebe a imundice de um imóvel que fica quase na frente do Atacadão. Mas para quem passa a pé para ir ao supermercado, esse sim, esse percebe como o ser humano é tratando como um animal em nossa cidade. No meio de muito lixo, seres humanos vivem entre lixo, ratos, baratas, vermes, e tudo mais que você pode imaginar. E mais, quem é o dono desse imóvel que deixa a situação chegar onde chegou? Por que não cobrar IPTU maior de quem larga o imóvel abandonado? A Prefeitura aluga tantos imóveis, por que não desapropriar esses imóveis abandonados e dar uma nova cara para a nossa cidade? Não é possível que nossos representantes não pensem! O que está acontecendo em nossa cidade? Por que é essa inércia toda?

video

5 de julho de 2010

A Cidade do Lixo

Um monumento à incompetência, uma humilhação aos trabalhadores do Brasil, uma cusparada da cara do contribuinte, uma banana para o morador de Praia Grande, é isso o que representa a inércia do Município de Praia Grande para com todo o lixo existente na Av. do Trabalhador. Esta avenida corta importantes bairros onde se concentram grande parte dos eleitores de Praia Grande: Vila Antártica, Vila Sônia, Sítio São Sebastião, Vila Guaramá, Jardim Aeroclube, São Gonçalo, Gloria, etc. Não dá para dizer que o morador é o culpado pois este lixo está há muito tempo neste local esperando que o prefeitura dê um destino ao mesmo. Se observarmos com cuidado, o terreno não está murado, ou seja, uma falha também dos representantes do povo que não acionaram o proprietário (que é o proprietário?). E mais, este lugar fica ao lado de uma igreja evangélica, é assim que se considera esses religiosos? Com cheiro de carniça nos cultos?

Isto posto, sugiro toda reflexão do eleitor de Praia Grande pois somos nós os responsáveis por escolher nossos representantes. Não vamos trocar nosso voto por churrasco, dinheiro, dentadura, promessas de emprego, etc. Sabemos que os ricos estão cada vez mais ricos, e os pobres, estão sendo humilhados todos os dias, tratados como lixo. Não vamos permitir isso! Não vamos votar nos medalhões de Praia Grande. O voto do eleitor pobre tem o mesmo peso do eleitor rico. Por que então votar naqueles que não se importam conosco? E você que não mora em Praia Grande e está sendo aliciado para votar nos políticos daqui, aborte esta ideia agpra! Você sabe que veranistas são caçados e mortos em Praia Grande. Tudo isso porque falta uma política social visando o investimento nos serviços essenciais como segurança, saúde, educação, lazer, cultura, transporte público e qualidade de vida. Percebe-se que há muita atividade terceirizada, como do lixo, aluguéis de imóveis, transporte público, que fazem o dinheiro público escoar para os bolsos dos mais ricos.

4 de julho de 2010

Poderia ser a cidade mais suja do mundo

Editorial

Aceitei o desafio e desci de minha bicicleta e passei a conhecer os bairros de Praia Grande a pé. Realmente, para quem passa de carro ou bicicleta, não consegue perceber a tamanha desfaçatez do Poder Público. Praia Grande virou uma enorme lata de lixo, um verdadeiro lixão gigante, talvez a poderia estar no Guinness Book como a cidade mais suja do mundo! Não é exagero. Essa semana eu já programei no Blog para que diariamente seja levado ao ar vídeos e imagens que captei hoje, domingo dia 2/7/2010. Andei pelas ruas da terceira zona. Bairros como Tupiry, Antártica, Vila Sônia e Jardim Guaramar. Eu acho que todo cidadão deveria fazer o mesmo para poder entender o porquê de tanta violência em nossa cidade. Entender que Praia Grande é uma cidade que vive de aparência publicitária e mentira jornalística. Entender que apesar de arrecadar mais de meio bilhão de reais, esse dinheiro não chega em ninguém. Entender que cartódromo (é com 'C' que se escreve), sambódromo, pista de aeromodelismo, pista de motocross, palácio, e tantos imóveis alugados (encubadora, fábrica de esportes, etc.), são verdadeiras fábricas de dinheiro para quem já é rico. E enquanto isso, os serviços essenciais são a porcaria que quem mora aqui ou passa por aqui já sabem. Acredito que o problema é muto maior pois ainda falta muito mais para eu conhecer.

Uma coisa ao meu ver é certa: se escolhemos vereadores, se escolhemos prefeito, e a situação é esta, então, podemos entender que eles são incapazes para resolver os problemas que afligem a população e por isso, não devem ser votados. E podemos protestar não votando em Cássio Navarro e nem em Alberto Mourão. E que pessoas de outras cidades também não votem neles. E, como todo mundo tem câmera digital, celulares que filmam e gravam. Vamos todos conseguir provas para conseguir denunciar qualquer afronta à Democracia.

Tenho dito!

2 de julho de 2010

Santiago de Compostela de Praia Grande

Para quem quer muita emoção, poderia fazer o "Caminho dos Troços" que fica em Praia Grande. O local oferecerá ao turista todo lixo do mundo, com direito a ser assalto e talvez morto. Ficção? Pura realidade. Turistas morrem frequentemente em Praia Grande. Chegam para descansar e voltam para sua cidade num caixão com a certeza de descansarem para sempre.

Tudo que mostrei nestas duas semanas, eu não fiquei de campana esperando o fato acontecer. Apenas saí de casa na Vila Tupi munido de minha máquina fotográfica e um tênis velho (para não ser assaltado) e por cerca de três horas fotografei todo esse lixo acumulado em praticamente TODAS as ruas de Praia Grande.

Culpar a população? Eu a culparia se houvesse ONDE descartar o lixo. Percebe-se que tanto nas Zonas 1, 2 e 3, não se encontra latas de lixo. O rapa-treco definitivamente não funciona. Se houvesse o troféu porcolino em Praia Grande (que tal inventar?), eu votaria no prefeito.


Como uma vergonha puxa outra, o cidadão acaba mirando no exemplo que vem de cima e emporcalha a cidade também.


Se não bastasse o lixo, há armadilhas para todos os cidadãos em nossas ruas, calçadas e praças.


1 de julho de 2010

Making-of do Descaso

Dando continuidade a minha visita a pé aos bairros da Zona 3 que margeiam a Expressa Sul, eu publico aqui mais fotos que fui encontrando no caminho. Faço questão de ressaltar que é muito pouco o que mostro aqui em relação ao total estado de abandono desses bairros. Nesses lugares é perceptível a ausência do poder público. Existe também muita insegurança, andei por quase 3 horas nesses locais e nenhum carro de polícia, nenhum policial, nada. É um povo largado à deus-dará mesmo. Percebe-se que os córregos estão sujos, muita água parada, muito lixo, muitas calçadas impossíveis de se caminhar, buracos nas ruas, cachorros sarnentos para todo lado, e mais a carniça que se encontra em cada esquina. É preciso passar Praia Grande a limpo, urgentemente!