24 de janeiro de 2011

Canteiro de Obras...

video

Em resposta, por e-mail, prefeito de Praia Grande diz que a cidade será um grande canteiro de obras. Que absurdo! Enquanto isso temos lixo pelas ruas, buracos, calçadas irregulares, lombadas ilegais, ciclovia e calçadão sem manutenção. A cidade está um verdadeiro caos e o cidadão acha que canteiro de obras vai ajudar o quê e a quem?

5 comentários:

Anônimo disse...

Olá Franz,

Acredito que o redesenho da Av. Pres. Kennedy vai trazer benefícios a população, sobretudo aos comerciantes, turistas e moradores da 1º e 2º zona. A administração pública é uma questão de prioridades. O que aborrece é que a prioridade está vinculada aos interesses de grandes empresários e políticos corruptos. E o que causa indignação é que os crimes na administração pública compensam, já que esses bastardos não são punidos. Um povo que possui baixa escolaridade e desinteressado pela política é muito fácil de manipular, então eles estão numa posição muito cômoda e com boas chances de serem reeleitos. Você Franz e muito leitores desse blog fazem parte de uma minoria esclarecida, que possui forte influência sobre o povo. Com organização de vários grupos, planejamento e boas ações de marketing no ano que vêm poderemos desmascarar essa corja. Não podemos culpar tanto a massa, já que ela não tem recursos e nem capacidade de olhar as coisas de forma crítica. Ver o que todo mundo vê, mas enxergar o que muitos não conseguem. Tivemos um comentário recente de um indivíduo enaltecendo as conquistas do Mourão para "humanidade". Talvez ele tenha visto apenas um lado da moeda que poderiam ser notícias como:


PG NOTÍCIAS

Notícia veiculada 12/12/2003

Pronto Socorro Boqueirão é modernizado

[...] O presidente da Câmara Municipal, Edson Milan, se disse muito satisfeito com os investimentos na área: “Mourão, sabemos que a saúde é o ‘teu xodó´, mas constatar que Praia Grande está entre os 20 municípios, dentre os cerca de 6 mil existentes no Brasil, que mais investem na saúde, é uma coisa que deixa todos nós muito orgulhosos e mostra o quanto a Administração Municipal tem se preocupado com a população”.

Notícia veiculada 29/06/2004

Inaugurada maternidade no novo hospital municipal

[...] o secretário estadual de saúde, Luiz Roberto Barradas Barata, disse, durante sua explanação, que a Prefeitura está resgatando a saúde da Cidade. “O secretário está admirado com o que está sendo feito no Município. Mourão é um prefeito empreendedor”, afirmou Elias.
O secretário de saúde, Eduardo Dall’Acqua, também elogiou a atenção dispensada pelo prefeito a esta área. “Eu duvido que alguém tenha condições de criticar a saúde na Cidade. O prefeito deu toda atenção necessária”, desabafou.[...]

[...] O prefeito não acha correto que as pessoas falem mal da Santa Casa. Segundo Mourão, a falta de informação faz com que as pessoas acreditem em acusações levianas. “Quero fazer justiça ao ex-presidente da Santa Casa Ação Médica, Eládio Vasquez Gonzalez. Ele não errou, só que administrava uma coisa difícil. Só o déficit mensal da Santa Casa era de R$ 250,00 mil. Quem sabe disso não pode ser irresponsável e fazer acusações”.

Anônimo disse...

Continuação:

Um cidadão ingênuo ficaria satisfeito com o "grande desempenho" da gestão do ex-prefeito Mourão na saúde vendo tantas notícias "boas" que saiam na mídia. Mas, digitem no Google "Eládio Vasquez Gonzalez" e vejam o resultado. Aparecerão muitos links sobre esse safado utilizando R$ 64.000,00 para compra de muitos equipamentos desnecessários de uma firma que se quer tinha licença da Anvisa. Vejam que ele aprovou a compra de um bisturi eletrônico usado e obsoleto pagando o preço de um novo com o valor muito acima do preço de mercado - entre outros equipamentos desnecessários. Vejam também um parágrafo interessante do processo 013.508/2007-0 do TCU, que trata desse episódio vergonhoso:

11.Outro ponto a destacar diz respeito ao fato de que parte dos recursos (R$ 53.878,88 = R$ 53.818,88 + R$ 60,00), após ter sido inicialmente objeto de transferências indevidas, retornou à conta específica, acrescido de uma suposta "contrapartida extra", no valor de R$ 2.065,00, mediante diversos depósitos em dinheiro, em cheque e, ainda, provenientes de compensação oriunda de conta corrente de outro banco, nos quais não se identifica nenhum crédito equivalente a essa quantia.

Será que o Mourão não sabia de nada? Será que ele também não sabia de nada de Sobre José Carlos Guerreiro, dono da construtora Termaq, e Jamil Issa Filho, assessor do prefeito na época, envolvidos até os dentes no caso do desvio de verbas do banco BNDES??? Querem saber? Canalhas sempre vão defender canalhas e tudo isso deve ser exposto em 2012. Esses picaretas costumam homenagear seus comparsas para criar uma falsa imagem de profissionalismo. Na reportagem de 2003, o jornal dava destaque ao volume do gasto na saúde como uma grande conquista do prefeito. O importante não é o volume dos gastos, mas a qualidade no gasto público. Temos que observar que a peneira do Tribunais de Contas é furada e muita coisa passa. Essa não passou. Precisamos ficar atentos para denúnciar irregularidades, assim como o Franz que denúnciou o esquema do Palácio das Artes, ou melhor, do Palácio da Vergonha.

Anônimo disse...

Só mais uma coisa. Para provar o que estou dizendo segue o link do Tribunal de Contas da União:

http://portal2.tcu.gov.br/portal/page/portal/TCU/imprensa/noticias/detalhes_noticias?noticia=1130645

Mais detalhes sobre o processo vocês terão no próprio site digitando os dados sobre o acordão. Essas coisas dificilmente saem nos jornais.

Franz Josef Hildinger disse...

Gostaria de parabenizá-lo(a) pelos comentários precisos e pelo trabalho de levantar notícias para corroborar com as informações. Embora muita gente tente desanimar, eu penso que realmente o bem vence o mal mas como tudo na vida, é preciso trabalhar pelo bem todos os dias. Meu sonho é fazer mais do que mostrar os feridas de Praia Grande mais sair às ruas pois uma ação vale mais do que mil palavras como diz o ditado popular.

Anônimo disse...

Claro que o Mourão sabe disso. Mas a fraternidade deles impede um de falar mal do outro. E sobre o Jamil, sabe mais ainda. Aliás, o Jamil mora no apartamento embaixo da cobertura que o Mourão morava na época. Deve ter ficado com medo quando viu pela camêra da prefeitura que fica na esquina da casa dele os federais chegadno. Pena que só levaram o Jamil.