19 de setembro de 2009

Doadores da Campanha do Vereador Heitor Orlando Sanchez Toschi

Vulgo Totô, o sempre reeleito vereador conseguiu obter R$ 57.829,71 de doações para a sua campanha. Só do Prefeito eleito este vereador recebeu R$ 7.708,60. Outro fato que chama a atenção é a preocupação deste cidadão em servir ao povo pois o mesmo doou de seu bolso a soma corajosa de R$ 10.787,11. Esperamos esta mesma vontade de servir ao povo quando não houver mais salário aos vereadores conforme projeto do Senador Cristovam Buarque.

A fonte desses valores é o Tribunal Superior Eleitoral.
http://www.tse.jus.br/internet/eleicoes/prestacaoContasFinal.htm

Ednaldo Tavares Da Silva - 500,00 - Eduardo Carlos Fonseca De Medeiros Guimarães - 200,00 - Eduardo Carlos Fonseca De Medeiros Guimarães - 234,00 - Eduardo Carlos Fonseca De Medeiros Guimarães - 635,00 - Eduardo Carlos Fonseca De Medeiros Guimarães - 1.590,00 - Fernando Antonio Barbosa Barreto - 440,00 - Fernando Antonio Barbosa Barreto - 1.000,00 - Five Engenharia Ltda. - 12.700,00 - Flavio Silva Santana - 1.100,00 - Heitor Gomes Toschi - 350,00 - Heitor Gomes Toschi - 350,00 - Heitor Orlando Sanchez Toschi - 467,00 - Heitor Orlando Sanchez Toschi - 1.734,00 - Heitor Orlando Sanchez Toschi - 266,00 - Heitor Orlando Sanchez Toschi - 179,74 - Heitor Orlando Sanchez Toschi - 407,37 - Heitor Orlando Sanchez Toschi - 628,00 - Heitor Orlando Sanchez Toschi - 2.334,00 - Heitor Orlando Sanchez Toschi - 322,00 - Heitor Orlando Sanchez Toschi - 347,00 - Heitor Orlando Sanchez Toschi - 602,00 - Heitor Orlando Sanchez Toschi - 2.500,00 - Heitor Orlando Sanchez Toschi - 1.000,00 - Hilario Gabriel Do Prado - 440,00 - Hilario Gabriel Do Prado - 1.000,00 - Jacqueline Silva Melo Martins - 440,00 - Jacqueline Silva Melo Martins - 1.000,00 - José Gomes Da Silva - 1.000,00 - José Gomes Da Silva - 500,00 - José Gomes Da Silva - 440,00 - Marcelo Das Neves Matos - 500,00 - Marcelo Das Neves Matos - 1.000,00 - Marcelo Das Neves Matos - 440,00 - Paulo Sergio Da Silva Vanni - 1.000,00 - Roberto Francisco Dos Santos - 240,00 - Roberto Francisco Dos Santos - 312,00 - Roberto Francisco Dos Santos - 240,00 - Roberto Francisco Dos Santos - 2.700,00 - Roberto Francisco Dos Santos - 3.683,70 - Roberto Francisco Dos Santos - 300,00 - Roberto Francisco Dos Santos - 232,90 - Rony Conde Marques - 10.000,00 - Soraya Seraphim - 350,00 - Suely Sanches Toschi De Medeiros Guimaraes - 467,00 - Suely Sanches Toschi De Medeiros Guimaraes - 186,00 - Suely Sanches Toschi De Medeiros Guimaraes - 32,00 - Vicentina Gomes - 1.000,00 - Vicentina Gomes - 440,00.

8 comentários:

Sérgio disse...

O que leva alguem que possui um patrimônio de quase 3 milhões declarados a querer se candidatar a vereador para ganhar um salário de uns sete mil reais?
Para quem responder que é por altruísmo darei uma gargalhada bem grande.
E o que essa pessoa, que é milionária, que possui um patrimônio considerável e de fazer inveja, já fez pela sua comunidade antes de se ser político?
Aliás, esse é o erro de nossa política e de nossos políticos.
Se perguntar a qualquer um deles por que motivo quer ser vereador, irá receber como resposta: Para melhorar minha cidade etc etc. A velha ladainha de sempre.
Mas e antes, fez alguma coisa?
Participou de alguma ONG? Faz doações para entidades que ajudam pessoas apenas pela vontade de ajudar ao próximo? Votou conscientemente em alguém que acredita ser uma pessoa com boas intenções? Ou votou apenas para manter seu cargo público?
Aliás, se a intenção de alguém que possui tres milhões de patrimônio fosse altruísta, para quê pedir doações aos outros?
Por que não "coçar" o bolso e bancar sua campanha?
Ora, são pessoas que somente pensam em si mesmas. Pessoas que possuem como filosofia a tal da Lei de Gerson (a do filósofo alemão que ficou enraizado em nossa cultura como a do jogador de futebol).
Quanto mais puder tirar dos outros para si, melhor.
Sei que você não é candidato e nem pretende ser, Franz, muito embora muita gente pense que você mantém esse blog somente com essa finalidade.
Mas é que essas pessoas jamais "perderiam" seu tempo e gastariam pneu de bicicleta nem comprariam máquina digital de duzentos reais, em prol da cidade.
Se fizessem isso, primeiro iriam querer patrocínio para a bicicleta, para a máquina. Depois encheriam o blog de propaganda.
Ai fariam conchavos com outros candidatos para que, em troca de uma ajuda financeira, fizessem um post falando bem desse político financiador.
Por último se lancariam candidatos e quando se elegessem abandonariam o blog pois a finalidade teria sido atingida.
Infelizmente, esse é o nosso país. Sei que muitos virão aqui dizer que sou pessimista, que não é bem assim, que existem políticos de bem etc.
Mas antes de falarem em políticos de bem, me digam se essa pessoa fez algo pela cidade antes, se entrou no política rico e saiu pobre, se, mesmo sendo construtor, tendo sua empresa, conciliou as duas atividades, construiu vários prédios na cidade e com esse dinheiro montou uma casa de dez milhões de reais em Campos do Jordão de fazer inveja a qualquer petromilionário. E que o dinheiro empregado nessa casa foi todo conseguido às custas de seu suor. E que ele o salário de prefeito ou de vereador foi tudo que ele angariou quando exerceu seu cargo público.

Ah, para quem dúvida do patrimônio desse vereador, aqui vai:

1 CASA EM PRAIA GRANDE R$ 300.000,00
2 DIREITOS SOBRE 1/3 DE CASA EM PRAIA GRANDE R$ 150.000,00
3 02 LOTES EM PRAIA GRANDE R$ 80.000,00
4 CASA EM PRAIA GRANDE R$ 70.000,00
5 LOTE EM PRAIA GRANDE R$ 60.000,00
6 LOTE EM PRAIA GRANDE R$ 50.000,00
7 LOTE EM PRAIA GRANDE R$ 120.000,00
8 DIREITOS SOBRE 1/3 LOJA COMERCIAL R$ 30.000,00
9 DUAS LOJAS COMERCIAIS EM PRAIA GRANDE R$ 60.000,00
10 SOBRE LOJA COMERCIAL EM PRAIA GRANDE R$ 50.000,00
11 LOTE EM PRAIA GRANDE R$ 200.000,00
12 LOTE EM PRAIA GRANDE R$ 300.000,00
13 APARTAMENTO EM PRAIA GRANDE R$ 400.000,00
14 APARTAMENTO EM SÃO PAULO R$ 130.000,00
15 CONJUNTO COMERCIAL EM SÃO PAULO R$ 140.000,00
16 AUTOMOVEL R$ 15.000,00
17 APARTAMENTO EM SÃO PAULO R$ 100.000,00
18 AUTOMOVEL R$ 120.000,00
19 CONJUNTO COMERCIAL EM SÃO PAULO R$ 140.000,00
20 LOTE EM PRAIA GRANDE R$ 60.000,00
21 CONJUNTO COMERCIAL EM SÃO PAULO R$ 180.000,00
R$ 2.755.000,00

Franz Josef Hildinger disse...

Olá Sérgio,

Obrigado pela suas participações decisivas. Uma pergunta, tenho tentando entrar no site do TRE-SP para saber da declaração de renda dessa gente e não estou conseguindo pegar com relação ao que foi declarado nas eleições do ano passado. Posso saber onde está conseguindo?

Anônimo disse...

Gostaria de entender uma coisa:
O Sr. Roberto Francisco era secretário, certo?
Como ele, com um patrimônio declarado que não gerava rendimentos, pode só com o salário, bancar suas contas e ainda bancar tantas candidaturas?

Sérgio disse...

Franz,

Ai vai o endereço:
http://www.tse.jus.br/internet/eleicoes/divulg_cand.htm
Nessa janela você terá acesso ao registro das candidaturas de 2008, 2006 e 2004.
Quanto ao Roberto Francisco ter esse dinheiro todo, na verdade o patrimônio dele é de R$ 435.744,31, consistente em:
1 CONSÓRCIO BRADESCO R$ 24.690,51
2 CONSÓRCIO BRADESCO 18 MESES R$ 34.427,03
3 CONDOMINIO MAUA TERRAS R$ 7.000,00
4 BENFEITORIAS CONDOMINIO MAUA R$ 21.227,41
5 AUTOMOVEL TOYOTA R$ 145.000,00
6 AUTOMOVEL PALIO R$ 48.399,36
7 APTO R$ 155.000,00

Acho que meio milhão, para quem ganhou sempre um salário público e não fez outra coisa na vida senão política, é muito.
E dizem que já no início do mandato comprou uma casa de um milhão em Ubatuba (para ser vizinho do Mourão, provavelmente).
Mas se isso é verdade, somente saberemos na próxima eleição, quando ele terá que declarar os bens adquiridos.
Aliás, o TSE deveria obrigar os candidatos a informar todos os bens adquiridos após o início da candidatura, sob pena de cassação do mandato, e divulgar esses dados a nós, eleitores.
Agora, só para que se faça justiça (atenção, Koala), esse dinheiro todo que consta como doação dele, na verdade é porque é dinheiro oriundo de sua campanha. O site do TSE não distingue se a doação é particular ou do dinheiro arrecadado pelo partido para a campanha do prefeito, o que nos leva a essa pequena confusão.
Como ele arrecadou mais de 2 milhões, há bastante dinheiro para comprar, digo, doar aos candidatos a vereador, o que os deixa, de certa forma, comum "rabo preso".

Sérgio disse...

Franz,

Falou uma letra, então vai o endereço correto:

http://www.tse.jus.br/internet/eleicoes/divulg_cand.htm

Sérgio disse...

Acho que o nedereço é grande e não está saindo. É só acrescentar a letra m ao final (../divulg_cand.htm)

Anônimo disse...

Um ano do "Palácio das Artes"

O Palácio das Artes está completando um ano. Seu criador branda aos quatro cantos que muitos o criticaram injustamente e que hoje o Palácio das Artes é referência na região.
E muitos dão razão a ele.
Quem critica não faz por ser contra a arte, mas a favor da moralidade, coisa que nossas políticos não são.
O prédio estava há anos abandonado. Trata-se de um prédio que o proprietário mal conseguia alugar, quanto muito vender.
Não deve valer mais que R$ 500.000,00. Talvez R$ 1.000.000,00.
Pagar R$ 50.000,00 de aluguel é um absurdo. Porque não foi comprado pelo ex-prefeito para ali construir um prédio? Porque não foi alugado por ele para ali sediar sua empresa?
Investir R$ 6.000.000,00 em um prédio alugado por 5 anos é um crime!
Ali não tem dinheiro do ex-prefeito e nem dos políticos e das pessoas que acham certo o que se fez ali.
Ali tem dinheiro público.
Eu até concordaria que ali foi um bom negócio para a municipalidade se o ex-prefeito construisse a mansão que construiu em Campos do Jordão em um terreno alugado. Por que não fez isso? Porque com o seu dinheiro ele tem cuidado.
Infezlimente, nossa cidade é composta de pessoas que usam a máquina administrativa para bem próprio, de pessoas que apoiam esses políticos pois também estão, de qualquer forma, se beneficiando, de pessoas que sabem o que se passa realmente, e da população de modo geral que acredita que se está fazendo um bom trabalho.
Deixo aqui uma sugestão: Porque não se aprova uma lei obrigando a Prefeitura a colocar uma placa em todo imóvel alugado pelo Poder Público, constando de quem foi alugado, o prazo e o valor pago e, ainda, se foi investido dinheiro público naquela obra.

Sérgio disse...

E a Prefeitura se prepara para instalar radares na cidade:

PREFEITURA MUNICIPAL DA ESTÂNCIA
BALNEÁRIA DE PRAIA GRANDE
CONCORRÊNCIA N.º 010/2009
PROCESSO ADMINISTRATIVO N.º 4.876/2009
OBJETO: LOCAÇÃO DE 10 EQUIPAMENTOS DENOMINADOS LOMBADAS ELETRÔNICAS, COM INSTALAÇÃO, MANUTENÇÃO PREVENTIVA E CORRETIVA E GERENCIAMENTO DE AIT ELE-
TRÔNICO.