20 de dezembro de 2010

Reflexões sobre o transporte público em Praia Grande

video

Para quem mora aqui em Praia Grande eu estou chovendo no molhado porque todo mundo sabe. Mas é importante ressaltar o que todo mundo esquece que é o fato de votarmos sempre nos mesmos. É importante que a gente guarde os nomes dos vereadores e do prefeito e não votar mais neles e nem em quem eles indicar. Outra coisa que gostaria chamar a atenção é a "teimosia" de manter a Piracicabana contratada de forma emergencial. O dono dessa empresa é o Nenê Constantino. Escrevam seu nome no Google para saber mais sobre ele... Aproveitando o ensejo, hoje (dia 20/12/2010) tem duas sessões extras na Câmara. Vocês sabem, esse dia, esse horário... Para o povo participar é que não é. Então, quem puder acompanhar nossos vereadores, eu agradeço.

Coincidência ou não, vejam o que acabou de ser publicado no site da Tribuna:




Segunda-feira, 20 de dezembro de 2010 - 15h38


Viação Piracicabana vence licitação em Praia Grande

De A Tribuna On-line


Créditos: Divulgação

A Viação Piracicabana venceu a licitação para a concessão de serviços de transporte coletivo urbano em Praia Grande. O novo contrato, homologado na última semana, será assinado nesta quinta-feira, no Gabinete do prefeito Roberto Francisco dos Santos.

A empresa, conforme informações da assessoria de imprensa da Prefeitura, atendeu todas as exigências feitas pela Administração. O valor do contrato será de de R$ 20 milhões.

As exigências da Prefeitura para a empresa vencedora são a reforma nos Terminais Rodoviários Tatico (Bairro Mirim) e Tude Bastos (Bairro Sítio do Campo); a construção de estações de transbordo (para transferências e embarque de passageiros) nos Bairros Samambaia e Vila Sônia; a construção de, no mínimo, 300 abrigos em pontos de ônibus; garagem para os veículos; sistema de monitoramento com GPS; 10 painéis eletrônicos nas paradas com informações sobre o transporte municipal e 69 ônibus na frota com, no mínimo, 10% dos veículos adaptados ao acesso de portadores de necessidades especiais.

O valor do contrato será de R$ 20.800.000,00 e todos os bens reversíveis (novas estações de transbordos, abrigos e painéis eletrônicos), após o término do contrato, passarão a pertencer ao patrimônio público. O contrato será válido por cinco anos, podendo ser renovado por igual período.

3 comentários:

Anônimo disse...

Olá Franz,

Essa "teimosia" é safadeza disfarçada. Pura conveniência dos Poderosos Chefões de Praia Grande. É triste ver os "busões" lotados nos horários de pico - ainda mais nesse calor! Esse negócio é uma mina de ouro... Poucos ônibus, tarifa alta e grande demanda. Não é novidade a Piracicabana vencer a licitação, assim como não é novidade sempre os mesmos estarem ganhando as eleições. Já está mais do que na hora disso mudar. Em um post antigo você disse que fez um curso de Controle Social e Cidadania na CGU. Se possível, deixe disponível o material do curso para os internautas e algumas dicas do que aprendeu. É combatendo a ignorância e estimulando bons valores, que a gente vai mudar a cara desse país! Quem sabe num futuro não muito distante... a gente deixa isso como a Inglaterra. rsrs Puxa vida! Se eu tivesse viajado para lá, acho que não voltava mais!!! Foi o frio que fez você voltar? rs

Franz Josef Hildinger disse...

Eu vou verificar quando haverá uma nova turma no curso de Controle Social da Controladoria Geral da União e publico aqui. Mas é importante salientar que no site da CGU há uma enorme biblioteca em formato PDF relacionados à Administração Pública.

Anônimo disse...

quem banca a campanha do ditador?