3 de agosto de 2010

Os sádicos do Poder Público


Essa é uma típica calçada de Praia Grande. Calçada? Isso é uma afronta aos direitos humanos e principalmente ao direito daqueles que exigem necessidades especiais. De que adianta os factoides das cadeiras "anfíbias" se o cidadão deficiente não consegue nem passar pela calçada, quanto mais chegar à praia? Eu chego a pensar que existe sadismo do poder público pois não há outra explicação para o que estão fazendo conosco!

Um comentário:

Nicolau Ponte Preta disse...

Olá td bom. Estou divulgando este documentário, se puder assistir, vale a pena! Obrigado
http://nosolhosdaesperanca.blogspot.com/

Resenha
Jânio é um rapaz de vinte anos que foi preso na orla da praia da Cidade de Praia Grande confundido de fazer parte de um grupo de jovens que promoveram um arrastão. Mesmo sem provas ficou preso durante 11 meses. Leide e Francisco a mãe e o pai de Jânio precisaram lutar para provar a inocência do filho, enfrentando a principal dificuldade que esbarra num problema social ainda não resolvido no Brasil.

"Ser pobre é ser culpado até que se prove ao contrário?"