11 de outubro de 2009

Reurbanização da Av. Presidente Kennedy em Praia Grande

video

A Av. Presidente Kennedy está sendo reurbanizada que conta com o apoio meu. Acredito que a médio e longo prazo esta avenida se tornará um imenso corredor comercial da Baixada Santista. Terrenos abandonados, pequenos comércios, moradias, todos, acredito, darão lugar as grandes empresas. O comerciante também terá que se adaptar. Com a ciclovia no centro desta avenida, o empresário deverá ser criativo para atrair possíveis consumidores que utilizam daquele veículo de tração humana. Prevejo também que haverá muito problema com a falta de estacionamento mas que poderá ser contornado com a inteligência dos empresários. Vamos ficar de olho também na conservação desta avenida e principalmente para com os "ataques" da SABESP que quebra tudo e nunca deixa as ruas e avenidas do jeito que encontrou.

19 comentários:

Maria disse...

" Bacaninha" o vídeo.
Gostei das observações sobre a desobediência das leis quanto aos deficientes físicos e idosos.
Pois é, Franz, o tal conselho dos deficientes esteve e está de mãos atadas. Não tem acesso ao gerenciamento de recursos e nem apita coisa nenhuma.
Não existe cadastro dos deficientes. Ninguém sabe nada e não sabe informar quem sabe.
Teremos de contar com a colaboração dos próprios deficientes para fazer um cadastro.
Existem empresas que dariam emprego a eles, mas não sabem como busca-los.
Tenho vagas para capacitação de trabalho e não sei como oferece-las.
Deram uma salinha para o presidente no terminal do Tatico, mas sem recursos e infraestrutura.
Ninguém quer nada especial, apenas o que é oferecido aos outros conselhos. Ninguém quer regalias, apenas ter as mesmas oportunidades.
Portanto, aquele que puder ajudar apontando um deficiente que conhece e seu endereço, envie por favor para o e-mail : iptu_praiagrande@hotmail.com, que iremos lá confirmar e cadastra-lo.
Ou peça para que ele mesmo entre em contato.
Obrigada.

Ricardo disse...

Nas principais calçadas da cidade, nas vias mais movimentadas (Costa e Silva, e agora, a Nova Kennedy) as calçadas são totalmente adaptadas, existem rampas em todas as esquinas. Ja na orla, por exemplo, as calçadas não são adaptadas.
Enfim, não é correto você afirmar que "as calçadas em Praia Grande são contra a lei. "não se pode andar nas calçadas de Praia Grande, nem o idoso, nem o deficiente". Não é assim Franz, esse tipo de generalização faz com que o poder público, que ja não é la aquelas coisas, passe a imagem de um "nada faz", o que não é verdade, basta ver a Costa e Sulva e a Kennedy. Só que as coisas são feitas em etapas, principalmente em uma cidade com vias de 23 km. como a nossa.
Por tanto, temos um monte de calçadas e ruas problemáticas, mas não são todas, dizer isso é sensacionalismo demais, além de não ser verdade, simplesmente.
Vamos ver se terminando a obra na kennedy no ano que vem, essa mesma intervenção viária será feita na castelo branco, espero que sim.

Franz Josef Hildinger disse...

Prezado Ricardo,

A verdade é o que eu disse aqui. As calçadas de Praia Grande são ilegais, imorais, e não prestam para deficientes ou idosos. O calçadão da praia está mal conservado e só colocaram rampas depois que reclamei aqui fazendo várias reportagens e mesmo assim ficou uma droga. As próprias calçadas que a Prefeitura faz não respeita as leis, basta ver a calçada da escola Padim Mouta aqui na Tupi. Enfim, aqui quem está mentindo não sou eu e faço questão de filmar e fotografar tudo. É lamentável que ainda exista gente que defenda esse tipo de governo caótico e desprovido de inteligência.

Franz Josef Hildinger disse...

Acho que você se esqueceu mas eu disse também que todas as ruas de Praia Grande estão esburacadas. Deve concordar comigo haja vista que só falou das calçadas. E afirmo aqui: as ruas de Praia Grande estão em péssimas condições, seja pela má conservação, seja pela qualidade do asfalto.

Ricardo disse...

Bom, em nenhum momento defendi governo nenhum, e se defendesse, teria todo direito em fazê-lo porque estamos em uma democracia como você bem sabe.
E minha rua não tem buracos, por tanto não são todas. Mas várias têm, e isso eu disse em meu comentário, caso você não tenha entendido Franz, (está no penúltimo paragráfo).
Enfim, concorde você ou não, as calçadas da Costa e Silva e da nova Kennndy, (as únicas que citei como boas), são calçadas boas para o trãnsito de pedestres, até porque não da para colocar um elevador em cada esquina para facilitar o acesso.
E não precisa dizer que quem está mentindo não é você, ou coisa parecida, até porque, em nenhuma vírgula, eu disse que você estava mentindo ou agindo de má fé. Não precisa ser tão radical e me chamar de "defensor do governo" só porque eu disse que algumas calçadas da cidade são boas. É a minha opinião, e você não é dono da verdade, assim como eu também não sou e nem tenho tal pretensão.
Enfim, se me interpretou de maneira ofensiva, foi mal, não foi essa a intenção, só comentei algo que acho correto.

Ricardo disse...

E quanto ao calçadão, concordo plenamente, tanto concordo que ja chamei a tv tribuna e a record litoral para denunciar a falta de rampas no calçadão e também a falta de rampas até a areia, o que é um absurdo.
Isso ja foi, inclusive, tema de reportagem dessas duas emissoras mas, pelo menos aqui no Solemar, a prefeitura ainda não corrigiu o problema.

Franz Josef Hildinger disse...

Prezado Ricardo,

Acho que a credibilidade é tudo e do jeito que você disse: "Por tanto, temos um monte de calçadas e ruas problemáticas, mas não são todas, dizer isso é sensacionalismo demais, além de não ser verdade, simplesmente." Você disse sim que eu estava mentindo. Bom, eu estou procurando por uma rua que não tenha buracos, e se puder dar o nome de uma, eu gostaria de fazer uma visita no local. Sobre elevador, não é necessário. Basta unicamente SEGUIR A LEI e fazer calçadas para seres humanos andarem. Qualquer um pode defender o que está aí, mas qualquer um, como eu, pode e tem o direito e obrigação de reclamar daquilo que ache errado, queiram os outros achem que é "sensacionalismo" ou não.

Ricardo disse...

Não, mas ai é uma questão lógica: pra você dizer que todas as ruas são esburacadas você teria que ter cada uma dessas ruas gravadas para poder comprovar. Numa cidade de grande porte com centenas de rua, é óbvio que nem todas estão esburacadas, tipo a Mallet, por exemplo, onde morei até dois meses atrás, e até essa época, não tinha nenhum buraco. Mas ai vem a Sabesp e detona tudo, de um dia para o outro as coisas ja mudam.
Mas cara, isso não vem ao caso, me desculpe pelo tom de "mentiroso" que dei ao texto, não te acho um mentiroso, senão nem estaria lendo o blog, e não me acho, sob nenhum aspecto, um defensor do governo, com o qual vivo me encrencando quando cobro as melhorias que ele tem obrigação de desenvolver na cidade.
Abraço...

Franz Josef Hildinger disse...

Olá Ricardo,

Sabe por que eu generalizo quanto a conservação de ruas e avenidas em Praia Grande? Porque venho acompanhando há dois anos essas ruas e avenidas. Hoje, se houver um milagre, podem asfaltar a minha rua, e virei falar aqui que todas as ruas de Praia Grande estão esburacadas porque tenho absoluta certa que depois de algumas chuvas, buracos rasgarão as ruas e tudo estará ruim. Eu apurei (está aqui relatado) o caso de um buraco na Av. Ditador Castelo Branco na altura da Vila Caiçara. Reclamei n vezes, então foi a Prefeitura (a empresa terceirizada) tapar o buraco, então passou 3 (três) meses e o mesmo local havia um novo buraco igual ao de antes (e está lá ainda). Expressa Sul, uma pista enorme, recente, e já tem buracos. Ciclovias, todas com buracos (e sem passar veículos pesados). Na minha opinião do porquê dos buracos: má qualidade do material empregado, serviço porco porque só jogam piche e o certo seria abrir o buraco, retirar a terra, colocar pedras e asfaltar de novo. O mesmo vale para as calçadas. Veja matéria recente que coloquei aqui sobre o calçadão em frente ao "Piscinão" na Vila Mirim. Fizeram o calçamento, choveu, abriu buracos, reclamei por um ano e meio, 5 meses atrás a Prefeitura foi lá e hoje está pior do que antes pois o piso saiu (vou mostrar essa semana uma reportagem que fiz lá para confirmar). Nós cidadãos temos que ficar de olho nisso pois parece haver uma indústria da reparação: repara-se de forma porca para quebrar lá na frente e assim numa roda viciosa muita gente ganha dinheiro e a população é que paga através de impostos altíssimos que lhe é cobrado.
Abraços,
Franz Josef Hildinger

Ricardo disse...

O calçadão é capítulo à parte né cara. Porque la a Sabesp não tem causado tanta quebradeira, a não ser nas obras (pontuais) do onda limpa.
Havia um buraco enorme no calçadão, aqui no solemar. Liguei na Sesurb e nada, liguei no gabinete, e nada, ai recorri ao vereador, que veio pedir votos aqui na região sul da cidade e foi eleito, e este, de maneira sucinta disse: esse é um trabalho da prefeitura. rsrsrsrs e não foi em tom de piada não.
Depois de 5 meses contados, o buraco foi tapado e várias ruas aqui da região foram recapeadas, as quais, pelo menos até agora, estão com o asfalto em ordem, mas concordo contigo quando vc fala que o asfalto utilizado é de baixa qualidade, o da nova kennedy parece, nos pontos que estão prontas as intervenções, um pouco mais adequado, agora o da castelo branco, a avenida turística da cidade, deve ser feito de areia da praia. Enfim, pontos bons e vários pontos péssimos, culpa da prefeitura e culpa da empresa que faz as obras para a mesma prefeitura. Agora vamos ver a Kennedy, depois da temporada e do fluxo alto de veículos, como vai ficar, se esburacar geral, eu serei um dos primeiros a reclamar aqui, e a ligar la para os chefões da prefeitura e da câmara, para cobrar soluções, como vc faz aqui com o blog, eu e muitos outros praiagrandenses fazemos por telefone, por e-mail, pessoalmente na porta do gabinete do prefeito e pessoalmente também na câmara, no gabinete de cada um dos "nobres" vereadores, afinal, é nossa obrigação enquanto cidadãos e moradores de uma cidade que amamos e que queremos sempre melhor.

Obs. Queria pedir aos vereadores de Praia Grande que saiam as ruas também, faz parte de suas funções andar pela cidade e detectar problemas, afinal, os senhores são os olhos do prefeito e a boca da população. Mas como é difícil econtrar com um vereador na rua, no shopping, numa praça...agora num evento, numa festa, la estão eles, para receber o governador, etc etc. Deixem os gabinetes e honrem seus belos salários, sendo oposição ou governo, trabalhem em nosso benefício, em benefício da nossa cidade

Abraços

Maria disse...

Gostaria de observar que deficientes não são só os cadeirantes.
Os cegos por exemplo , nesta cidade não são deficientes. Basta ir ao Palácio da Artes e ver as instalações para eles.Quem tem uma pequena limitação não consegue descer os degraus que dão acesso às cadeiras, em nenhum dos corredores há corrimãos.O elevador nas duas oportunidades que estive lá, estava desativado e não há piso tátil direcionando a pessoa à sala de espetáculo. São tantas as desconformidades que não vale a pena falar.

Só quem precisa sabe.

É com essas grandes avenidas que me preocupo. Cadê os semáforos sonoros? Um detalhe simples que passou desapercebido.
Ainda podem dar um jeito, só não estava na listinha das prioridades.Primeiro as lombadas eletrônicas e quem sabe alguém tenha uma luz e pense no assunto.
Tanta modernidade, né?

Sr. Ricardo,
Nada pessoal, acredite, nem o conheço...
É muito triste ter uma deficiência física, precisar ir ao pronto socorro municipal (o principal da cidade) e o acesso pela rampa estar totalmente em desacordo com as normas técnicas Brasileiras: o corrimão está só de um lado, com altura errada e não tem guia de balizamento para cegos.
Estou absolutamente segura que não há nenhuma preocupação dos nossos dirigentes com essas pessoas.

Ricardo disse...

Maria, nem haveria de encarar seu comentário como pessoal, até porque não sou prefeito nem secretário de obras, e não disse que nós moramos em Toronto, melhor cidade do mundo.
Só disse (na minha opinião de leigo sobre o assunto) que vejo as calçadas da nova kennedy e da costa e silva como boas calçadas para cadeirantes, ja que todas as esquinas têm a guia rebaixada, (tenho dois vizinhos cadeirantes que circulam por lá todos os dias e aprovam os locais), não falei dos deficientes visuais porque não tenho o menor conhecimento sobre as normas técnicas que amparam as obras de acessibilidade para eles.
Mas, de qualquer maneira, fica aqui minha opinião: a estrutura viária deve, por obrigação moral e ainda legal, ser amplamente adaptada aos portadores de necessidades físicas. Não preciso ter nenhuma para poder imaginar os problemas que essas pessoas enfrentam todos os dias nas cidades brasileiras.
Abraços

Franz Josef Hildinger disse...

Por coincidência, o jornal A Tribuna desta terça-feira está levantando um amplo debate sobre sobre a inclusão de idosos e deficientes na cidade de Santos (que serve para Praia Grande também). Levantaram os principais problemas, entrevistaram vários segmentos da sociedade. Seria uma boa se nossos políticos lessem essa matéria para também adequar Praia Grande para dar melhor qualidade de vida a TODOS.

Sérgio disse...

Franz,

Claro que concordo que as ruas estão "todas" esburacadas, que as calçadas não obedecem ao que está disposto na Lei (declividade de até5%), que isso se dá pela omissão dos fiscais da prefeitura que vitoriam o imóvel na hora de conceder a Carta de Habite-se. Que a maioria das pavimentações são feitas pela Termaq com um asfalto de péssima qualidade e que colocam muito menos asfalto que deveriam. Aliás, é uma política de entregar as galinhas para a raposa tomar conta. A Termaq ganha "todas" as licitaões de asfalto e ainda porcima ganha uma licitação de uns 30 milhões para reparar os serviços de asflato que ela mesma fez.

Sérgio disse...

Agor, tem uma coisa que vc precisa ver, filmar e postar para todo mundo ver e saer o que é Praia Grande:

Postei esses dias esta licitação:
EDITAL
TOMADA DE PREÇOS Nº 012/2009
OBJETO: “URBANIZAÇÃO DA AVENIDA PROFESSOR OLAVO BORGES E PAVIMENTAÇÃO E INFRAESTRUTURA DO ESPAÇO DE EVENTOS SITIO DO CAMPO”
TIPO: MENOR PREÇO REGIME DE EXECUÇÃO: EMPREITADA POR PREÇOS UNITÁRIOS
PROCESSO ADMINISTRATIVO: 21.311/ 2009
RECURSOS: PREFEITURA DA ESTANCIA BALNEÁRIA DE PRAIA GRANDE


Pois bem, não estou louco, masessa rua acabou de ser ubanizada e pavimentada, e o espaço "Sítio do Campo" está pronto e pavimentado, tudo, ao que me parece, executado pela Termaq.

Só posso chegar a seguinte conclusão: Ou a prefeitura entregou o serviço a Termaq para depois fazer uma licitação "para inglês ver", ou ela mesma fez o serviço e quem vai reeber é a Termaq.

Ah, ao que me parece a outra licitação que postei do "espaço Vila Sônia" também está concluída.

Fran, por favor, veja isso, pois se isso aconteceu mesmo o caso é muito grave.

Anônimo disse...

Aliás, para quem tem dúvidas, acessem o Google Earth e vejam que, mesmo as fotos sendo de uns tres meses atrás, tanto o espaço do Sítio do Campo quanto o da Vila Sônia já esão no início da reubarnização e pavimentação.

Franz Josef Hildinger disse...

Prezado Sérgio,

O problema é que a própria Prefeitura não respeita esses 5º. A calçada da Escola Municipal José Padin Mouta na Vila Tupi tem uma calçada-rampa pior do que essa que eu mostro no vídeo. E eu tenho dúvidas a respeito desta urbanização da Kennedy pois do jeito que está, a calçada não estará respeitando a lei.

Anônimo disse...

Franz,

Concordo que nem a Prefeitura respeita.
Não vou enaltecer o trabalho da Prefeitura, mas creio que todas as ruas e avenidas tinham que ser igual a Av. Costa e Silva, mas que só foi remodelada, para quem não sabe, para que a filha do todo-poderoso pudesse inaugurar no dia do seu casamento.
Franz, pensa com carinho em filmar a Av. Olavo Borges já pavimentada e reurbanizada que daqui uns dias sai o resultado da licitação: The Oscar go TERMAQ!

Sérgio disse...

Ah, Franz, desculpa pelo último post.
Confundi Cleber Rodrigues com Kleber Cavalcante, que é o da IPMPG.
se puder apagar meu comentário, agradeço.