28 de julho de 2009

De Olho na Sabesp

video

Todos já devem ter percebido que a Sabesp está em nossa cidade "procurando petróleo", ou seja, está furando nossas ruas e avenidas por todos os lados. O histórico da Sabesp em nossa cidade é repugnante pois esta empresa não consegue deixar as ruas do mesmo jeito que as encontra. A Sabesp deixa um ratro de buracos, desníveis, asfalto de baixa qualidade e mais: toda hora aparecem furos nas tubulações que acabam provocando verdadeiras cavernas debaixo da nossa cidade. Pelo que já andei vendo, o pior vai acontecer para todos nós pois o poder público não protege os munícipes desta empresa. Mas o importante é que estou filmando e fotografando tudo. Vou acompanhar se vai haver novamente desleixo e também quanto durará essa obra, ou melhor, até o próximo cano furado e as mazelas que todos conhecem. Eu queria fazer muito uma pareceria com o programa CQC da Bandeirantes porque aqui tem problemas para um ano de Proteste Já.

12 comentários:

Anônimo disse...

Outro que ficou bilionário as custas do dinheiro público é esse Paulo Vila Verde. Além da Faculdade, tem imóveis alugados para a Prefeitura:

EXTRATO CONTRATUAL
CONTRATANTE: PREFEITURA DA ESTÂNCIA BALNEÁRIA DE PRAIA GRANDE;
CONTRATADA: VILA VERDE EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS LTDA.;
OBJETO: Contrato n° 077/09 de
Contrato de Locação Não Residencial, DE imóvel destinado à
instalação do Centro de Especialidades Médicas Ambulatoriais e Sociais - CEMAS;
VALOR: R$ 39.252,00 por Mês;
PRAZO: 01 ano;
DATA DA ASSINATURA: 01/07/09; PROCESSO: 3.101/09

Anônimo disse...

Agora, supondo que a prefeitura mantenha o prédio alugado por 5 anos. Vai fazer um investimento enorme. Mas esqueçamos isso. Se alugar por 5 anos, nesse valor, irá gastar R$ 2.355.120,00. O prédio não deve valer nem a metade disso. Então. não seria melhor desapropriar o prédio em razão do interesse público?
Claro que seria melhor para o município. Mas ai não daria para gastar uns 2 milhões na reforma e ganhar porcentagem nisso. O proprietário também não aceitaria dividir o valor da indenização, pois está estaria limitada ao valor venal.
Assim, paga-se uma fortuna de aluguel. O proprietário pode dividir esse valor com o responsável pelo aluguel, ficar com a propriedade do imóvel e ainda ver ele valorizado em razão das reformas feitas.
Não dá para dizer que esse é o Brasil, mas essa é a Praia Grande.

Anônimo disse...

A Rua onde moro ja passou pela mão da SABESP, ou do CONSÓRCIO ATLANTICO.
Começaram a quebrar em Fevereiro e terminaram na segunda quinzena de maio.
Nesse meio tempo fomos obrigados a pedir garagem emprestada para os vizinhos da outra rua.
Muito bem...chegaram ao fim, só que até hoje não foi feito novo asfalto.
Ja aconteceu até de uma senhora ter quebrado o tornozelo por causa dos disniveis da rua.
Entrei em contato com a Prefeitura por e mail.
Alguns dias depois recebi um telefonema do Vereador Katsu.
Ele esteve aqui na rua para verificar o estado e informou-me que a Prefeitura iria cobrar o asfalto.
Portanto as pessoas deveriam reclamar mais.
Fazerem abaixoa assinados.
Mas o povo da Prais Grande, não está nem aí para o que está acontecendo.
Sendo assim só posso dizer...
cada cidade tem o governo que merece.
Beijos
Fátima

Anônimo disse...

Coisas de políticos mesquinhos. O início das aulas e da creche foi adiado para o dia 17. O boato que corre é que já tem gente com a tal "gripe suína" na Praia Grande, mas estão abafando o caso. Até acredito nisso, mas será que mais alguém ouviu falar nisso?

Franz Josef Hildinger disse...

O que venho demonstrando aqui é o que você relatou. A Prefeito não tem um controle, uma sistemática para acompanhar o que ela e terceiros fazem no âmbito de sua atuação (que é a própria Cidade). Se esse vereador quisesse ajudar mesmo, abriria uma CEI para investigar a falta de competência municipal em acompanhar, como já disse, as obras (entre outras) coisas que estão sendo executas e finalizadas no Município. A Prefeitura peca por causa disso: as coisas acontecem, e se ninguém reclamar, a coisa fica por isso mesmo. Seria como se nós que somos os interessados tivéssemos nossos dentes doendo e não fizéssemos nada esperando que o dentista ligue para nós para marcar um horário em seu consultório. A Prefeitura tem que passar a ter interesse no que acontece no Município. No caso da SABESP, acompanhar o início, o meio e o fim da obra. As ruas, avenidas, calçadas, ciclovia, calçadão, estão todos com buracos, desníveis, e a Prefeitura, ninguém dela, tem coragem de resolver o problema - estão lá esperando alguém reclamar. Ora, se temos mais de 7.000 funcionários, deve ter um que poderia fazer o que faço aqui e um outro para encaminhar à secretaria competente para resolver o problema. Isto posto, fica aqui a minha observação de que o que estamos vendo é o que diferencia um país desenvolvido de um país como o nosso em desenvolvimento. Lá, eles conseguem se antecipar ao problema, aqui, só depois que o problema acontece é que vão resolver (e se resolver porque muitas vezes por muitos anos o problema fica esperando por uma solução).

Anônimo disse...

EXTRATO CONTRATUAL
CONTRATANTE: PREFEITURA DA ESTÂNCIA BALNEÁRIA DE PRAIA GRANDE;
CONTRATADA: FUNDAÇÃO DO ABC - HOSPITAL MUNICIPAL IRMÃ DULCE; OBJETO: Termo Aditivo do
Contrato de Gestão nº 110/08 de Gestão Compartilhada do Hospital Municipal Irmã Dulce, transferência de recursos financeiros à CONTRATADA visando a execução de atividades concernentes
ao Sistema Único de Saúde - SUS, destinados a INVESTIMENTOS (equipamentos) e CUSTEIO (material de consumo e prestação de serviços) para a disponibilização de LEITOS DE UTI e LEITOS CIRÚRGICOS do Hospital Municipal Irmã Dulce, resultando no montante total de RS 3.465.501,75 (três milhões, quatrocentos e sessenta e cinco mil, quinhentos e um reais e
setenta e cinco centavos), oriundos das transferências efetuadas à Prefeitura Municipal pela Secretaria Estadual de Saúde;
DATA DA ASSINATURA: 29/07/09; PROCESSO: 9.195/08

Maria disse...

Tive uma relação tumultuada com a Sabesp Recentemente. Terminei uma obra e depois de ligarem a água e esgoto definitivamente executei a calçada conforme manda a lei, com piso hidráulico tipo "copacabana".
Aconteceu que depois, precisaram fazer o mesmo na obra ao lado e não adiantou dizer a eles que o ponto da rede era onde eu dizia, pois eu o havia visto anteriormente e que também estava claro na planta que eles tinham em posse, eles destruiram toda a minha calçada procurando o tal ponto que eles insistiam em ler na planta de ponta cabeça...rs
Conclusão?
Despois de descoberto o engano, ligaram a obra do lado e fiquei insistindo por quase um mes para que fossem arrumar a minha .Foi reparada , mas no dia seguinte os ladrilhos estavam esfarelados. Mais um mes para que viessem arrumar novamente ( eu fiz questão que fossem eles ). Novamente no dia seguinte tudo quebrado. Além do material ser de péssima qualidade, era mal empregado, sem nenhuma base. Bem..., tive de amargar o prejuizo e engolir o sapo em arrumar, pois caso contrário estaria feito lá um serviço porco como esse que é visto por toda a cidade..

A prefeitura só quer arrecadar e pagar alugueis altíssimos para os amigos políticos ou amigos deles.

Começo a achar que errados estamos nós que pagamos impostos em dia.

Anônimo disse...

Maria,

Uma coisa é certa. Praia Grande tem um dos IPTUs mais elevados do pais. Estive em várias cidades e sempre que pergunto o valor do IPTU de lá, descubro que o que nós pagamos por mês é o que eles pagam por ano.
Acho que é por isso que na PG há essa farra do boi com o dinheiro público.

Maria disse...

Caro Anônimo,

Os valores de IPTU cobrados aqui estão fora da realidade. O congelamento não representará ganho algum se a economia continuar como está. Além do IPTU elevado houve a conbrança indevida de taxas consideradas ilegais e que insistentemente e à revelia da justiça foram sendo incorporadas e nunca foram planejadas para serem devolvidas em orçamentos.
Aqui, usa-se do expediente: quem se sente lesado que vá à justiça! Como a grande maioria nem sabe o que acontece, ou não pode contratar advogado, o lucro vai ficando..., e pior, sendo gerenciado irresponsavelmente.
Esta terra é dos políticos, dos amigos dos políticos com os quais tem relações comerciais ou daqueles que oferecem mais.É muito comum ouvir em festinhas como eles tem rabo preso com comerciantes e empresários.Pior..., ninguém está interessado em jogar merda no ventilador, pois certamente virá para eles. A cidade fede , mas só alguns sentem o cheiro.

Anônimo disse...

Cara Maria,

Concordo plenamente co o que vc disse. Pra piorar, conta a lenda que o ex-prefeito Alberto Ladrão, ops, Mourão fez uma reunião com os empreiteiros amigos dele e que se servem do erário público para enriquecerem e poderem andar de lancha e jet-ski com o ex-prefeito em Ubatuba, ou se aquecer em seus aquecedores elétricos em Campos do Jordão, e nessa ocasião o ex-prefeito fez um anúncio e foi aplaudido de pé por todos. Ele anunciou que como as contas da Praia Grande estavam de vento em popa, a comissão que ele cobra em qualquer obra iria baixar de 10% para 8,5%. E todo mundo achou que isso era uma grande vantagem. Numa cidade de homens de caráter, todos ali naquela reunião deveriam sair presos.
Mas esta é a Praia Grande em que vivemos.
Bjs, e torçemos para que alguma coisa mude nesta cidade que tanto amamos (amamos a cidade, né, mas odiamos esses políticos que estão se apropriando dela)

Anônimo disse...

Ah, Maria, perdeo os erros de portugu~es que sempre cometo aqui, mas é que falar de política na Praia Grande, infelizmente, me dá asco. Torçemos foi cruel.

Anônimo disse...

É mais o reinado destes políticos está acabando, na proxima campanha teremos um candidato que vencerá a todos e fará uma excelente administração o seu nome Popó, pois o mesmo sempre fez o bem no seu programa Popó na TV, aguardem.....